Zona do euro está disposta a manter ajuda à Grécia, diz Conselho Europeu

Segundo Herman Van Rompuy, decisão sobre a próxima parcela de ajuda ao país deve sair no dia 29

Álvaro Campos, da Agência Estado,

21 de novembro de 2011 | 16h29

O presidente do Conselho Europeu, Herman Van Rompuy, disse nesta segunda-feira, 21, que os membros da zona do euro estão prontos para continuar ajudando a Grécia e que o grupo de ministros de Finanças do bloco (Eurogrupo) deve decidir sobre a liberação da sexta parcela do primeiro pacote de resgate para os gregos na sua próxima reunião. A declaração foi dada após uma reunião com o novo primeiro-ministro grego, Lucas Papademos, na Bélgica.

"Eu reafirmei a disposição da zona do euro de continuar a fornecer suporte aos esforços de ajuste da Grécia. O Eurogrupo deve ser capaz de decidir na sua próxima reunião sobre o desembolso da sexta tranche do empréstimo grego", afirmou Rompuy em um comunicado. Mais cedo, o ministro de Finanças grego, Evangelos Venizelos, disse que a decisão sobre a liberação da tranche deve ser tomada pelo Eurogrupo na reunião do dia 29.

"A situação é muito séria. Muitos esforços já foram feitos pelo povo grego. Entretanto, é preciso fazer mais para restaurar a estabilidade, a confiança e o crescimento. Eu peço a todos os líderes políticos gregos que apoiem integralmente essa estratégia", acrescentou Rompuy. Ele também disse que a zona do euro está passando por um período difícil e que todos os países do bloco devem se comprometer com as metas fiscais e as reformas para impulsionar o crescimento.

As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.