Zona do euro se reúne para discutir nova ajuda à Grécia

Objetivo do encontro é aprovar um plano que detalhe qual será a participação do setor privado num novo pacote de resgate aos gregos

Agência Estado,

21 de julho de 2011 | 07h31

Líderes da cúpula dos países da zona do euro se reúnem nessa quinta-feira para discutir a crise na Grécia. O objetivo do encontro é aprovar um plano que detalhe qual será a participação do setor privado em um novo pacote de resgate aos gregos.   Nos últimos dias, investidores construíram forte expectativa de que sairá um resultado efetivo dessa reunião. Leia-se mais 115 bilhões de euros para os gregos. Diversas alternativas vêm sendo cogitadas e o cenário ainda é incerto, apesar do acerto fechado entre a chanceler Angela Merkel e o presidente Nicolas Sarkozy, após longa reunião ontem.

Não há detalhes sobre as definições fechadas entre os dois. O Financial Times diz que o presidente francês concordou em desistir do plano de imposto sobre os bancos para levantar recursos como forma de ajudar Atenas. Dessa forma, abre-se mais espaço para uma participação ativa dos credores privados, como a troca de dívida por papéis mais longos (o que é considerado calote). O presidente do Banco Central Europeu, Jean-Claude Trichet, participou das discussões.

A visão dos analistas consultados pela Agência Estado é que ainda existem muitas propostas sobre a mesa, sem clareza de qual será o desfecho da reunião de hoje. É possível que as autoridades só tenham tempo para organizar uma solução de curto prazo, sem a garantia de medidas mais amplas de socorro para a zona do euro.

Mesmo que a ajuda financeira para a Grécia seja anunciada, ficam as perguntas sobre a sustentabilidade do endividamento do país. É difícil enxergar uma "bala de prata" capaz de dar conta de todos os problemas de uma vez nessa quinta-feira. De qualquer forma, o pior cenário seria novo adiamento das decisões.

Tudo o que sabemos sobre:
agendaEuropaGrécia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.