ZTE fabricará tablets e celulares em Hortolândia-SP

A multinacional chinesa ZTE produzirá tablets no País a partir de agosto, e celulares, em novembro. Em encontro hoje com a presidente Dilma Rousseff, dirigentes da fabricante de componentes eletrônicos confirmaram que vão investir, até 2014, cerca de US$ 250 milhões em uma linha de produção em Hortolândia, no interior de São Paulo. Os primeiros lotes de tablets e celulares serão produzidos em parceria com outras empresas. A meta é fabricar, num primeiro momento, cem mil tablets por mês.

LEONENCIO NOSSA, Agencia Estado

27 de junho de 2011 | 11h44

A decisão da ZTE em investir US$ 250 milhões em uma fábrica no interior paulista foi anunciada em abril, durante visita de Dilma a Pequim. Hoje, George Wang, um dos representantes da ZTE recebidos pela presidente, disse que a empresa aposta no crescimento do mercado brasileiro. Ele avaliou que as vendas de componentes eletrônicos no País serão alavancadas pelos investimentos em infraestrutura para a Copa do Mundo de 2014 e os Jogos Olímpicos de 2016.

Tudo o que sabemos sobre:
tecnologiatabletcelularZTE

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.