7 Concursos com baixa concorrência e 2 fatores para analisar

Este conteúdo é uma comunicação empresarial

Por DINO DIVULGADOR DE NOTÍCIAS

04 de janeiro de 2017 | 13h29

São Paulo--(DINO - 04 jan, 2017) - Existe um mito no meio de quem estuda de que todos os concursos são muito concorridos.

Apesar da maioria dos concursos serem realmente concorridos, nem sempre é assim. Existem concursos com pouca concorrência, mas você deve estar atento a dois fatores:

FATORES PARA ANALISAR

Fator 1: concursos de baixa concorrência são para atuações específicas, ou seja, na maioria das vezes exigem requisitos ou habilidades específicas ou ainda alguma formação pouco comum.

Fator 2: por serem tão específicos, nem sempre vale a pena estudar e se preparar para esses concursos apenas pelo fato dele ser menos concorrido. Você deve levar isso em consideração.

É muito importante perceber esses dois fatores, acima, para que se tenha uma exata noção do que significa concorrência e até que ponto ela deve ser levada em consideração.

Colocadas essas informações, vamos aos concursos menos concorridos.

CONCURSOS MENOS CONCORRIDOS

BNDES

"Este é um dos concursos menos concorridos, pois a seleção é para cadastro de reserva e exige formação específica para cada cargo. Salários: variam de R$ 3.900,00 a R$4.100,00".

ANCINE (AGÊNCIA NACIONAL DO CINEMA)

"Agências reguladoras costumam ter concursos menos concorridos por exigirem formação superior e conhecimentos do poder executivo, o que acaba por afastar os concorrentes. O Edital 2015 deve acontecer no primeiro semestre do ano. Salários: chegam a R$ 4.900,00, aproximadamente".

ANA (AGÊNCIA NACIONAL DE ÁGUAS)

"Com cargos de consultor e que exigem conhecimentos avançados e específicos, torna-se um concurso mais fácil de aprovação. Salários: de R$ 4.000,00 a R$ 11.00,00, aproximadamente"

FINEP

"É uma empresa de inovação e pesquisa nas áreas de Ciência, Tecnologia e Inovação em empresas, universidades, institutos tecnológicos e instituições públicas ou privadas. É um dos concursos mais fáceis de passar devido às exigências dos editais. Porém, se é a sua área de formação, torna-se uma opção mais fácil de aprovação. Salários: variam de R$ 3.000,00 a 10.500,00, aproximadamente".

FUNDAÇÃO BIBLIOTECA NACIONAL

"Oferece cargos que não são procurados ou conhecidos, como os de arquivistas e bibliotecários. Torna-se um dos concursos mais fáceis de passar pelo cargo menos visado devido à faixa salarial, quando comparado com outros concursos. Salários: podem chegar a R$ 4.600,00".

CONAB (COMPANHIA NACIONAL DE ABASTECIMENTO)

"Não é muito conhecido e divulgado, consequentemente, se torna um dos concursos mais fáceis de passar. Há ofertas para cargos voltados para assistentes, como por exemplo, de Técnico Agrícola ou de Tecnologia da Informação. Salários: variam de R$ 2.100,00 a R$ 5.100,00, aproximadamente".

DPU (DEFENSORIA PÚBLICA DA UNIÃO)

"Apesar de possuir algumas funções concorridas e com salários base de R$ 16 mil, como o de Defensor Público Federal, há aqueles que são concursos menos concorridos, de nível superior: arquivista, assistente social, bibliotecário, contador, economista, psicólogo e sociólogo. Salários: variam de R$ 3.000,00 a R$ 4.600,00, aproximadamente".

Como você pôde perceber muitos deles estão relacionados com os 2 fatores que mencionei no início do texto. Por isso, é importante que essa análise e futura decisão sobre que concurso fazer, tenha a ver com os seus conhecimentos atuais e objetivos de vida.

Dê uma olhada neste vídeo e veja com mais detalhes os fatores que devem ser levados em consideração no momento da escolha do cargo para fazer concurso.

https://youtu.be/yB9G97w7zXc

E se você quer se preparar de forma eficiente para concursos, baixe gratuitamente um livro digital neste link ? www.metododeaprovacao.com.br ? em que mostra as 3 principais técnicas que o Professor Gerson Aragão utilizou para ser aprovado em 7 concursos, dentre eles, o cargo que ocupa atualmente (Defensor Público).

?

FONTE: http://www.e-konomista.com.br/

Website: http://blog.metododeaprovacao.com.br

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.