A importância de sair de casa e seus benefícios psicológicos

São Paulo - SP--(DINO - 24 jan, 2017) - Embora a tecnologia tenha encurtado as distâncias e permitido que possamos realizar inúmeras tarefas sem sequer sair do lugar, o seu uso ainda não substitui algo fundamental: a importância de sair de casa.

Por DINO DIVULGADOR DE NOTÍCIAS

24 de janeiro de 2017 | 18h00

E isso serve não apenas para crianças, como para os jovens adultos e pessoas da melhor idade!

Afinal de contas, as atividades ao ar livre concentram benefícios para o corpo e para a mente, proporcionado mais bem-estar e qualidade de vida do que qualquer aplicativo ou software.

Por isso, confira a importância de sair de casa e por que as atividades externas podem trazer muitas vantagens.

O corpo produz substâncias químicas para a felicidade:

Ao liberar endorfinas, decorrentes da prática de atividades físicas, o corpo recebe uma dose de euforia e felicidade.

E, fazendo desse hábito algo constante, em sua rotina, a sensação é mantida e recorrente. Não à toa, trata-se de um dos principais métodos naturais de combate à depressão.

Sem falar que, ainda sobre essa doença tão incapacitante e que pode acometer pessoas de qualquer idade, sair mais de casa ajuda a melhorar as relações sociais.

Afinal de contas, mais e mais pessoas estão passando a dividir seu tempo entre a tecnologia e compromissos fora de casa, como os passeios e atividades organizados por empresas especializadas. O que significa mais chances de conhecer pessoas e interagir com elas.

Sair mais de casa pode reduzir o estresse e a ansiedade:

A rotina escolar e profissional pode ser estressante, por si só, mas dedicar-se a atividades externas pode ser ainda mais revigorante do que passar horas à frente da TV, sabia?

Isso porque a prática de exercícios aumenta gradualmente a produção de norepinefrina (noradrenalina), que é uma substância moderadora à do cérebro com relação ao estresse.

Isso sem falar que sair de casa e se dedicar às atividades físicas também ajuda a reduzir a ansiedade ? cada vez mais em alta em nossa sociedade.

Isso acontece porque, da mesma maneira que o estresse é moderado por uma substância, nosso corpo também libera neurotransmissores responsáveis por reduzir a carga de ansiedade que acumulamos ao longo do dia.

Ou seja: sair de casa não é uma boa pedida apenas para promover a massa muscular ou queimar gordura.

Atividades ao ar livre fazem bem à memória:

Independentemente de sua idade, cuidar da memória é fundamental para garantir uma produtividade melhor, menos desgaste mental ao longo do dia e a gostosa sensação de ter suas melhores lembranças sempre à tona.

Isso porque sair de casa para se divertir ou se exercitar estimula a produção de células do hipocampo, área responsável pela aprendizagem e a memória.

Pense nas vantagens em aplicar isso desde cedo no desenvolvimento da memória de crianças, por exemplo? E com pessoas da melhor idade também, pois é uma fase da vida em que é fundamental manter o corpo e a mente exercitados.

Procure por atividades em grupo e saia de casa:

Como deve ter dado para perceber, os benefícios mentais em sair mais de casa compensam algumas horinhas desconectados, não é mesmo?

Por isso, procure conhecer algumas opções atraentes para pessoas de todas as idades saírem mais de seus lares e praticarem atividades em grupo ? e ao ar livre!

SOBRE A VIDA REAL

A Vida Real é uma empresa com o objetivo de organizar, promover e realizar passeios divertidos, visando a atividade em grupo. Você já organizou sua próxima atividade sobre esse assunto? Conte para a gente!

Website: http://www.vidarealdiversoes.com.br

Tudo o que sabemos sobre:
Releases

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.