A utilização de enzimas no processamento da cana-de-açúcar

Este conteúdo é uma comunicação empresarial

Por DINO DIVULGADOR DE NOTÍCIAS

29 Dezembro 2016 | 12h27

Curitiba, PR.--(DINO - 29 dez, 2016) - No Brasil, a principal matéria-prima utilizada para produzir etanol é a cana de açúcar. Nos métodos tradicionais de produção de etanol, a planta é moída e utiliza-se apenas o caldo da cana para extração do açúcar. Portanto, todo o açúcar contido na palha e no bagaço é descartado, pois os materiais fibrosos, como é o caso dessas partes, são bastante resistentes aos processos químicos.

Métodos tradicionais x utilização de enzimas

Diferente dos métodos tradicionais, ao utilizar enzimas específicas para a produção de etanol é possível fazer uso do bagaço e da palha, resultando em maiores ganhos para as indústrias e maximização do poder de produção de etanol. Além do mais, os métodos tradicionais são prejudiciais ao meio ambiente, devido aos produtos químicos utilizados. Realidade adversa das enzimas, as quais são fabricadas a partir de micro-organismos, uma alternativa aliada à sustentabilidade.

Em escala industrial, as enzimas conseguem promover a transformação da matéria-prima em açúcares simples de forma mais rápida e eficiente. Isso quer dizer que, atualmente, as enzimas são uma ferramenta valiosa para os esforços de otimização dos processos, ajudando a garantir o menor custo de produção por litro de etanol. Ao utilizar enzimas é possível também reduzir a utilização de ácido no pré-tratamento e operar uma gama mais vasta de perfis de pH e temperatura, devido à melhoria que as enzimas proporcionam à matéria-prima.

Produtos enzimáticos reconhecidos mundialmente

A Novozymes, multinacional dinamarquesa que é líder mundial em biosoluções, dispõe de enzimas personalizadas, adaptadas às matérias-primas específicas de cada um dos seus parceiros da indústria. As enzimas da Novozymes são desenvolvidas visando oferecer a flexibilidade necessária para alcançar o equilíbrio ideal dos parâmetros da planta, elas são vitais na conversão da estrutura complexa da biomassa em etanol, além do mais, a Novozymes tem mais de uma década de experiência em aperfeiçoar o processo de conversão de biomassa.

Atualmente, as soluções da Novozymes tornam disponível a tecnologia de enzimas a um custo comercialmente viável. A empresa está incessantemente empenhada em desenvolver soluções sustentáveis que melhorem continuamente a indústria de etanol celulósico, sempre com a premissa de reduzir os impactos negativos ao meio ambiente. No site http://www.bioblog.com.br/ é possível conhecer mais sobre as soluções da Novozymes e sua intensa ligação com a sustentabilidade.

Website: http://www.bioblog.com.br/

Mais conteúdo sobre:
Releases Curitiba

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.