ABES-SP promove seminário online sobre zoonoses e saneamento

São Paulo --(DINO - 07 fev, 2017) - A Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental ? Seção São Paulo (ABES-SP), por meio de sua Câmara Técnica de Saúde Pública, realizará, no dia 14 de fevereiro, o webinar "Zoonoses e Saneamento: o que eles têm em comum?", com Amélia dos Santos, bióloga, bacharel e licenciada em Ciências Biológicas e mestre e doutora em Ciências, na área de Ecologia, pelo Instituto de Biociências da Universidade de São Paulo.

Por DINO DIVULGADOR DE NOTÍCIAS

07 de fevereiro de 2017 | 14h54

Amélia dos Santos atua também como docente nas áreas Ecologia Geral, Terrestre, Urbana e Limnologia, Saúde Coletiva e Meio Ambiente, Bases Filosóficas da Ecologia, Educação Ambiental. Atualmente é docente coligada PUC e em cursos de Pós-Graduação na UNISA e Faculdades Campos Salles e revisora técnica de materiais didáticos para várias editoras.

O evento online será realizado das 10h30 às 11h30. As inscrições são gratuitas.

Inscreva-se aqui: https://www.eventials.com/abesdn/webinar-zoonoses-e-saneamento-o-que-eles-tem-em-comum/

Sobre a ABES

Com 51 anos de atuação pelo saneamento e meio ambiente no Brasil, a Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental ? ABES reúne em seu corpo associativo cerca de 10.000 profissionais do setor. A ABES tem como missão ser propulsora de atividades técnico-científicas, político-institucionais e de gestão que contribuam para o desenvolvimento do saneamento ambiental, visando à melhoria da saúde, do meio ambiente e da qualidade de vida das pessoas.

ABES, há 51 anos trabalhando pelo saneamento e pela qualidade de vida dos brasileiros.

www.abes-dn.org.br

Congresso ABES Fenasan 2017 ? o maior encontro de Saneamento Ambiental das Américas - De 2 a 6 de outubro de 2017

http://www.abesfenasan2017.com.br/

Tudo o que sabemos sobre:
Releases

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.