Adeus, bloquinho! Jornalistas conectados online agilizam publicação de matérias

São Paulo, SP--(DINO - 26 jan, 2017) - Por Marina Diana

Por DINO DIVULGADOR DE NOTÍCIAS

26 de janeiro de 2017 | 14h30

O bloquinho de anotações está para o jornalista como o estetoscópio está para o médico, a algema para o policial, a carta para o carteiro, correto? Há alguns anos, sim, correto. Atualmente, não. A organização na vida do jornalista continua e é necessária, já que ele precisa organizar pautas, fontes, retornos, informações. No entanto, é fundamental uma ferramenta dentro do veículo que o jornalista atua, que faça esse "check-list" de forma tecnológica.

Com foco na efetiva organização, a Mundiware, empresa de tecnologia especializada em sistemas para jornais, criou, dentro do chamado sistema Elite CS um método organizacional onde é possível o editor-chefe, o chefe de redação ou pauteiro, listar as pautas de cada edição e organizar digitalmente no planejamento daquela determinada publicação.

"Assim fica claro e de fácil visualização saber o que vai em cada página, o que foi solicitado para cada matéria e quem será o responsável pelo texto, foto, ou qualquer outra solicitação para aquele conteúdo", salientou Emmanuel Ferreira, diretor da Mundiware.

O diferencial se dá porque as empresas atualmente no mercado que atuam neste segmento não gerenciam as pautas, efetivamente, mas, sim, apenas conteúdo ou fluxo de produção.

"Muitas redações ainda utilizam o e-mail e as tradicionais agendas, mas nada é similar a um planejamento de edição", afirmou Ferreira.

Entenda

Para ficar mais claro como o sistema Elite CS atua neste setor, quando cada usuário faz o login encontra, na própria tela, uma lista de todas solicitações direcionadas a ele que estão pendentes. Assim, ao iniciar o dia, todas as matérias que o jornalista deve se dedicar estão ali visíveis, com os detalhes necessários para conclusão do trabalho.

"Um fotógrafo pode, por exemplo, mesmo fora da redação, acompanhar todas as pautas que precisa cumprir e, ainda na rua, após tirar as fotos, incluir (ou subir, na linguagem jornalística) as fotos no sistema de onde estiver. Feito isso, o repórter responsável por aquele conteúdo é notificado de que o material já se encontra disponível, agilizando a edição do material e sua publicação, seja no impresso, digital ou redes sociais", explicou o representante da Mundiware.

Assim, em tempos de jornalismo "hard", a informação rápida, eficiente e certeira é o diferencial do veículo de comunicação.

Conheça

Fundada em 1993, no Rio de Janeiro, a Mundiware é uma empresa de tecnologia especializada em sistemas para jornais e no desenvolvimento de soluções sob medida para a otimização das fases de produção. Possui uma expressiva participação no mercado de publicação brasileiro e latino-americano.

Há três anos a empresa instalou um escritório em Orlando, nos Estados Unidos.

Website: http://www.mundiware.com

Tudo o que sabemos sobre:
Releases

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.