Aliança de segurança internacional é anunciada em Abu Dhabi

ABU DHABI, Emirados Árabes Unidos--(BUSINESS WIRE-DINO - 24 fev, 2017) -

Por DINO DIVULGADOR DE NOTÍCIAS

24 de fevereiro de 2017 | 03h42

Uma aliança de segurança internacional de sete países foi recentemente anunciada em Abu Dhabi para servir como um grupo de trabalho para confrontar o crime transnacional e organizado, na presença do Sheikh Saif bin Zayed Al Nahyan, vice primeiro ministro e ministro do interior, além de ministros do interior e representantes de seis países árabes e mundiais. O secretariado-geral da nova aliança formada, que inclui Itália, Espanha, Senegal, o Reinado de Bahrain, o Reinado de Marrocos, assim como os países fundadores, EAU e França, será sediado em Abu Dhabi.

A nova Aliança busca encorajar ação conjunta para combater os diferentes tipos de crimes transnacionais e organizados, desenvolver métodos de prevenção e alcançar uma segurança sustentável e estabilidade para os Países Membros. Ela aumentará também as oportunidades para cooperação entre esses países em áreas de segurança e de polícia, enquanto alavanca experiências e o compartilhamento de informações e perícia para alcançar segurança e paz mundial. A natureza legal desta aliança fornecerá a flexibilidade para responder e confrontar os desafios e problemas atuais na aplicação da lei.

S.A. Sheikh Saif disse: "Os EAU estão trabalhando com determinação implacável para confrontar todos os tipos de crimes, nos níveis local, regional e internacional, com base na firme crença da sua sábia liderança de que a segurança é uma responsabilidade compartilhada." Ele notou que os desafios de segurança emergentes exigem maior cooperação internacional e melhor prontidão de resposta para garantir uma abordagem proativa para o trabalho de policiamento e de segurança. "Essa Aliança reflete a nossa sincera intenção e determinação de combater os riscos que ameaçam a segurança mundial e a paz", ele continuou.

Durante a cerimônia de declaração, o tenente-general SA Sheikh Saif bin Zayed Al Nahyan homenageou vários cidadãos dos países membros da nova Aliança em reconhecimento dos serviços às suas respectivas comunidades e suas posturas heroicas em salvar vidas.

Os homenageados foram selecionados após pesquisa e comunicação extensa junto aos adidos policiais dos EAU nas embaixadas desses países. Foram feitos preparativos de viagens para os indivíduos selecionados, e os representantes dos seis países membros da Aliança ficaram surpresos quando S.A. Sheikh Saif anunciou a sua intenção de homenagear esses indivíduos durante o evento, algo que foi altamente elogiado pelos países dos homenageados.

*Leia o boletim de imprensa na íntegra aqui

*Fonte: ME NewsWire

O texto no idioma original deste anúncio é a versão oficial autorizada. As traduções são fornecidas apenas como uma facilidade e devem se referir ao texto no idioma original, que é a única versão do texto que tem efeito legal.

securitymedia00@gmail.com Fonte: BUSINESS WIRE

Tudo o que sabemos sobre:
Releases

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.