America Net lança produto exclusivo para lojas em shoppings centers

Este conteúdo é uma comunicação empresarial

Por DINO DIVULGADOR DE NOTÍCIAS

16 de março de 2017 | 01h10

(DINO - 24 fev, 2017) - A America Net, uma das principais operadoras de telecomunicações do país, lança o NGVOX Shopping, pacote de serviço de telefonia fixa e Internet, voltado totalmente para varejistas em shoppings centers.

O NGVOX Shopping foi concebido a partir de uma demanda de mercado, que necessitava de um serviço de telefonia fixa e Internet com qualidade superior à de uma banda larga convencional, com maior velocidade e estabilidade. O serviço, que já funciona em centenas de lojas e em mais de 100 shoppings no Brasil, oferece mais qualidade na navegação como, por exemplo, ao utilizar câmeras de segurança com constante transmissão de imagens, rapidez na emissão de notas fiscais via internet, entre outras vantagens.

Já é possível adquirir o serviço com internet de 20MB ou 30MB e 1 ou 2 linhas telefônicas com chamadas ilimitadas de fixo para fixo e de fixo para móvel de qualquer operadora dentro do território nacional. Os planos já estão disponíveis para lojistas de todas as regiões do país.

"A procura pelos serviços de voz e dados para redes de lojas em shoppings vem crescendo muito na America Net. Escutando as necessidades de nossos clientes, que nos afirmavam faltar um atendimento de qualidade para esse segmento, decidimos atuar com um produto diferenciado e personalizado para esse nicho, que acreditamos que ainda há uma carência na entrega de um bom produto", conta José Luiz Pelosini, vice-presidente da America Net.

O novo produto da America Net atende à essa necessidade e garante uma economia de até 40% ao empresário, pois conta com o conceito "sem conta telefônica - fale à vontade", além de contar com o benefício de suporte técnico com atendimento personalizado 24/7.

Para saber mais sobre o produto, ligue 103 85 ? shopping@a85.com.br .

Tudo o que sabemos sobre:
Releases

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.