Aposta da Palfinger para 2017 é no setor agrícola

Caxias do Sul - RS--(DINO - 26 jan, 2017) - Os cenários para a agropecuária brasileira em 2017 são positivos. O Produto Interno Bruto (PIB) do agronegócio deverá crescer 2% e a safra de grãos poderá alcançar o recorde de 215 milhões de toneladas, no próximo ano. A avaliação é da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) no seu documento "Balanço 2016, Perspectiva 2017". Com base nestas perspectivas para o próximo ano é que a multinacional austríaca Palfinger espera crescer 45% das vendas de equipamentos para este setor, como guindastes articulados e acessórios.

Por DINO DIVULGADOR DE NOTÍCIAS

26 de janeiro de 2017 | 13h42

De acordo com Marcos Boeira, Especialista de Agronegócio da PALFINGER, a empresa espera aproveitar o momento de aquecimento do setor para ofertar suas soluções específicas, como os modelos PKB 6500, PKK 8500, PKB 10000, PKK 12500 e PKB 15500. "Temos a intenção de contar com distribuição destes produtos com Cooperativas e Revendas de Implementos Agrícolas em todas as regiões do país. A PALFINGER já iniciou um trabalho no Rio Grande do Sul, Paraná, São Paulo, Goiás, Minas Gerais, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. Para 2017, pretende dar continuidade através de distribuidores em todas as regiões agrícolas do país" explica ele.

Foco também no setor elétrico

Além do setor agrícola, a PALFINGER também aposta no setor elétrico, com a oferta dos equipamentos PKK 12500 e PKB 15500 com Cesto NR-12. De acordo com Edson Bueno, especialista do segmento elétrico da empresa, as concessionárias gaúchas e paulistas e suas empreiteiras terão que investir em máquinas e equipamentos para manter e aumentar a rede de distribuição de energia. "Com base nesta necessidade, projetamos uma demanda alta de investimento em equipamentos. Temos como base também o mês de dezembro do ano passado, em que fechamos dois negócios expressivos para as empresas Energiza, em que vendemos 15 equipamentos do modelo PKB 15500, e Sirtec, em que vendemos 9 conjuntos dos modelos PKB 15500 e PK 18500. Isso também nos mostra uma tendência de crescimento do setor", explica.

Mudança na estratégia de vendas da empresa

Além de reforçar sua atuação no setor agrícola, a PALFINGER também espera intensificar as suas vendas de forma direta. Atualmente a empresa conta com representações e distribuições, e com a venda direta passa a ficar mais próximo dos seus clientes.

O atendimento direto, inicialmente se dará em pontos específicos, como a filial de São Paulo - SP, que é um centro de serviços, e a matriz em Caxias do Sul ? RS. "Também estamos buscando rápido atendimento, técnicos qualificados e facilidade na assistência técnica através de Mobile Service, que atuam na região de aplicação do cliente quando ele necessita de alguma manutenção", explica Nicolas Lipp, Especialista em Serviços da PALFINGER.

De acordo com Nicolas Lipp, espera-se um acréscimo de 20% nas vendas no próximo ano, já que o cliente passará a contar com uma proximidade maior com o comercial da empresa, rapidez no atendimento e acesso à qualificação técnica sobre os produtos de uma maneira mais simplificada.

Multinacional faz reajuste de preços nas linhas de guindastes PK e MD vendidos no Brasil

A partir de 25 de janeiro deste ano, a PALFINGER contou com um aumento nos preços das linhas de guindaste PK e MD, comercializadas no Brasil. Em geral, uma elevação de 10% nos preços.

De acordo com Alex Borges, Gerente Comercial da PALFINGER, este ajuste é necessário diante do aumento de custos de produção e das margens apertadas que a empresa vem trabalhando nos últimos anos. "Não reajustamos os nossos valores desde 2013, apesar de ter ocorrido um aumento de todos os nossos custos, principalmente de matéria-prima. Este ano, obrigatoriamente, tivemos que fazer este ajuste", pontuou Alex Borges.

Website: https://www.palfinger.com/pt-BR/bra

Tudo o que sabemos sobre:
Releases

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.