Aprender Música pode ser passaporte para o emprego

Este conteúdo é uma comunicação empresarial

Por DINO DIVULGADOR DE NOTÍCIAS

16 de março de 2017 | 04h06

São Paulo--(DINO - 21 fev, 2017) - Aprender a tocar um instrumento pode ser o passaporte para conseguir emprego, seja atuando como músico ou como professor.

O diretor-presidente da Faculdade e Conservatório Souza Lima, Prof. Antonio Mario Cunha, explica que a música pode ser um ótimo investimento em tempos de crise, já que esse aprendizado busca agregar mais informações e conhecimentos que sempre são necessários para o complemento da educação básica. "Temos ainda o talento inerente em muitos dos que querem fazer ou viver de música. Outro facilitador desses cursos é que o compromisso pode ser regulado de acordo com a possibilidade de cada um. Há também a emoção de ser um artista e receber os aplausos, que são também um incentivo", acrescenta Cunha. Ele ressalta que muitos ainda procuram o estudo da música para realização pessoal.

Nesse cenário, o Souza Lima oferece vários cursos, em sua sede, em São Paulo, com foco nos mais diferentes perfis de alunos. Os mais recentes são o Curso de Técnico em Música e o de Pós-Graduação em Música Popular.

Curso Técnico

O Curso de Técnico em Música tem duração de 800 horas e está organizado em matriz curricular móvel, com disciplinas obrigatórias, a serem cursadas em um período de 3 anos. Ao término do curso, o aluno estará suprido de conhecimentos musicais (teóricos e práticos) para trabalhar como intérprete de repertório erudito ou popular (MPB, Jazz, Blues, Rock e outros). Estará apto, ainda, a ler notação musical, improvisar, fazer arranjos e compor. Será também capaz de organizar repertório para apresentações em diversos estilos e executá-los com qualidade. Além disso, poderá lecionar sua especialidade (instrumento ou canto) em cursos particulares ou em cursos livres de escolas de música.

Pós-Graduação

O Curso de Pós-Graduação é indicado para profissionais formados em música (bacharelado ou licenciatura) ou graduados em outras áreas, desde que atuem profissionalmente como músicos, ou tenham grande afinidade com a prática da música popular.

Contará com três eixos temáticos: Teoria musical avançada; parte prática (composição, arranjo, orquestração, trilha sonora, arranjo) e um amplo estudo sobre o mercado musical, englobando empreendedorismo e marketing musical. "A grande novidade do curso é que cada eixo temático é, por si, só um curso de extensão. Isso garante o investimento financeiro e de tempo do aluno, caso ele não consiga concluir os três módulos", explica o coordenador do curso, Marcelo Coelho, que é saxofonista, pesquisador e educador.

Ambos os cursos estão em fase final de inscrições. O prazo final para matrícula é 28/02/17.

Informações: (11) 3884-9149

Website: http://www.souzalima.com.br

Tudo o que sabemos sobre:
Releases

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.