BANHEIROS: 4 dicas para combater o desperdício de água neste verão

São Paulo, SP--(DINO - 27 jan, 2017) - Se por um lado a chegada do verão é muito aguardada por conta das férias e do momento de recarregar as energias, as altas temperaturas provocam grande preocupação: o consumo elevado de água, que em algumas cidades do Brasil, chega a aumentar 40% durante o período.

Por DINO DIVULGADOR DE NOTÍCIAS

27 de janeiro de 2017 | 11h50

A Organização das Nações Unidas (ONU) indica que a quantidade mínima de água para atender as necessidades básicas de um ser humano é 110 litros de água por dia. Só um banho de 15 minutos, usando um chuveiro elétrico, consome incríveis 140 litros de água.

O impacto não é só ambiental: dói no bolso. A conta elevada resulta do desperdício, e a tomada de atitude do usuário faz toda a diferença na hora de pagar as contas e de quebra, contribui com a preservação deste recurso natural, vital para nossa existência.

Para ajudar o usuário a encontrar as melhores soluções para seu banheiro, a Duravit do Brasil reuniu quatro dicas para reduzir o consumo ? e consequentemente o desperdício - de água neste verão. Referência mundial na fabricação de louças, móveis e acessórios para banheiro, a Duravit é reconhecida internacionalmente pela preocupação com questões ambientais.

Dependendo dos produtos e técnicas utilizadas, a tomada de medidas pode significar uma economia de 20% a 50% no consumo de água.

Veja algumas dicas:

AJUSTES NO CHUVEIRO

Troque os misturados convencionais pelos termostatos, que regulam previamente a temperatura e ajustam a pressão da água, evitando o desperdício. Trocando o chuveiro por um modelo mais moderno, que mistura ar e água, economiza-se água e ainda é possível manter o desempenho com o mesmo conforto. A economia será ainda menor com redução do tempo de banho, desligando o chuveiro ao se ensaboar.

DESCARGA CONSCIENTE

Evite exageros ao apertar a descarga. Dependendo do modelo, em seis segundos de acionamento, pode-se gastar até 14 litros de água. Ao trocar a bacia sanitária, procure os modelos que combinam eficiência na limpeza com redução do consumo de água. Estudos mostram que há uma incidência média de 35% de descargas duplas, geradas pela limpeza inadequada na primeira descarga.

DE OLHO NAS TORNEIRAS

Fique atento às torneiras abertas por mais tempo que o preciso, como quando se faz barba ou se escova os dentes. Em um mês, uma torneira pingando pode gastar quase 1.400 litros de água. Uma boa opção é trocar por modelos com temporizador (manual ou eletrônico). Em torneiras mais antigas, verifique regularmente as condições do vedante e de outros mecanismos.

TOLERÂNCIA ZERO COM VAZAMENTOS

Nunca demore a tomar providências com vazamentos. É um tipo gravíssimo de desperdício, pois a água sequer foi utilizada pelo usuário, que terá de pagar por isso da mesma forma que a água efetivamente consumida. Certos vazamentos não são detectados facilmente, e podem passar despercebidos por dias, até meses. O melhor é recorrer à visita de um técnico especializado, que verificará atentamente as condições de conexões, torneiras, chuveiros, entre outros.

Website: http://www.duravit.com.br

Tudo o que sabemos sobre:
Releases

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.