Bia Sion, cantora e atriz, lança videoclipe com canção inédita composta especialmente para ela por Moraes Moreira

Rio de Janeiro, RJ--(DINO - 20 jan, 2017) - Com mais de 30 anos de carreira, a cantora e atriz Bia Sion é uma das melhores intérpretes de Moraes Moreira, palavras do próprio compositor baiano. A veterana do teatro e televisão faz homenagem ao amigo pelos seus 70 anos com lançamento do videoclipe da música "Do samba e do Jazz", escrita por ele para a artista.

Por DINO DIVULGADOR DE NOTÍCIAS

20 de janeiro de 2017 | 16h56

O videoclipe será distribuído pela internet, seguido de show em final de março no Rio de Janeiro. "Do samba e do jazz" faz parte de uma trilogia de clipes gravados na rua pela cantora. O primeiro foi em Nova York com a canção "Diamante Verdadeiro", de Caetano Veloso, dirigido por Nilsen Accioly. O segundo, "The Man I love" foi em Porto Alegre, com direção de Gilberto Perin, também diretor do terceiro e novo clipe no Rio de Janeiro, que não poupa elogios ao desempenho vocal da cantora.

_ Bia Sion une o talento de atriz e cantora para ter características singulares na música onde transita pelos clássicos do jazz, pela música brasileira e agora por uma canção inédita de Moraes Moreira. Em "Do Samba e do Jazz", com sua voz límpida e solar, traduz a alegria e as sutilezas dos versos de Moraes (ele mesmo fazendo o som do violão nessa gravação). No clipe, Bia se apropriou da leveza e beleza do cotidiano do Rio, sentindo-se feliz numa cidade que também tem samba e jazz no sangue - diz Perin.

Não é de hoje que a carioca Bia Sion vai do samba ao jazz. Nasceu e cresceu em Copacabana ouvindo vários gêneros musicais, incluindo também soul, choro, rock, MPB. A música está em seu DNA, o pai tocava saxofone e clarinete muito antes de seu nascimento.

Há mais de 10 anos realiza o show "A Levada do Jazz" com standards da música norte-americana, dirigido pelo ator Anselmo Vasconcellos. Teve uma participação da cantora Zélia Duncan. A apresentação é fruto do CD com o mesmo título lançado em 2009 pelo selo Discobertas e considerado "cult" pela crítica musical, mas grande sucesso de vendas entre a classe artística e fãs da boa música.

Agora, Bia mostra o seu carinho pela obra de Moraes Moreira começando com a divulgação do "Do samba e do Jazz". O videoclipe tem entre os músicos, a percussão de Wilson Meireles, além da participação especial de Moraes Moreira tocando violão. A ficha técnica é completa com Daniel Jainechine (edição), Bruna Baitelli (imagens), Manuela Monteiro(caracterização), Alexandre Liuzzi (auxilio de produção).

Também locutora, gravou spots de rádio e publicidade de TV prestando serviço para diversos estúdios desde 1995. Fez narração de documentários e diversos institucionais para espaços como a TV MultiRio e a antiga Telemar, onde foi atendente virtual para todo Brasil durante 1 ano. Em 2006 foi várias vezes a "voz off" do programa Casseta & Planeta(TV Globo).

Bia Sion é conhecida também pelo seu trabalho de atriz em teatro e televisão. Nos palcos encenou entre peças infantis e adultas, "Tistu, o Menino do Dedo Verde"(1983), "Sapatinho de Cristal - uma história eterna"(1984), "Feliz Ano Velho"(1985), "Filumena Marturano"(1988), "Ensina-me a Viver"(1990) e "Os Saltimbancos"(1994).

Começou na TV Globo em 1984 na novela "Partido Alto", de Glória Perez e Aguinaldo Silva. A novelista escreveu um papel para a atriz que na época sua personagem, a jovem Su, acabou lançando a moda de laços coloridos de filó no cabelo, febre pelo Brasil.

Depois, ainda na telinha vieram participações em outros trabalhos como o musical "Cida, a Gata Roqueira"(1986), de Euclides Marinho e Luiz Gleiser, direção de Roberto Talma. Com Cláudia Raia, Rita Lee, Tim Maia e Evandro Mesquita. Na mesma emissora também integrou o elenco da novela "Esperança"(2003), seguindo com participações em "Celebridade"(2004), "A Grande Família"(2005), "Malhação"(2005), "Cobras e Lagartos"(2006), "Eterna Magia"(2007), "Escrito nas Estrelas"(2010), "A Vida da gente" (2012), "Tapas & Beijos"(2013).

Na extinta TV Manchete, sua atuação foi em "Carmem" também de Glória Perez, com Lucélia Santos e Paulo Betti. Ela viveu uma personagem que participou do quadro "Namoro na TV", apresentado por Silvio Santos em seu programa no SBT, cenas que fizeram parte do folhetim.

Seu mais recente trabalho na telinha foi em 2016 para o público infantil com a série "Detetives do Prédio Azul"(Gloob). "Fiz a bruxa Zoraida Zorga, conhecida do público como ZZ. Até hoje, encontro crianças na rua que me reconhecem e querem tirar foto comigo. A bruxa foi um sucesso e espero que o projeto continue."

PARA ASSISTIR AO VIDEOCLIPE:

https://www.youtube.com/watch?v=cDCd9MTfFWU&sns=em

Tudo o que sabemos sobre:
Releases

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.