Bolsa de estudos ainda é a melhor opção para quem não tem condições de estudar na rede particular

Este conteúdo é uma comunicação empresarial

Por DINO DIVULGADOR DE NOTÍCIAS

13 de janeiro de 2017 | 16h01

São Paulo, SP--(DINO - 13 jan, 2017) - Bolsas de estudo é um assunto do qual todo estudante deseja estar informado, muitos ainda deixam de cursar o nível superior por não terem condições financeiras.

No entanto, o acesso à educação está cada vez mais fácil diferente de alguns anos atrás, hoje, o estudante conta com diversos programas que disponibilizam bolsas de estudos para jovens de todo o Brasil que desejam concluir o ensino superior, cada um deles possui condições e benefícios diferentes, e esse artigo irá falar um pouco sobre os diferentes programas de bolsas estudantis e ajudar o estudante a decidir qual atende melhor suas necessidades.

PROUNI

O Programa Universidade para Todos (PROUNI) oferece bolsas de estudo em universidades privadas para os jovens que prestaram o Exame Nacional de Nível Médio (ENEM) e ficaram com nota acima da média exigida (450 pontos) sem zerar a redação e concluíram o ensino fundamental e o médio em instituições públicas ou particulares como bolsistas, sendo assim, os candidatos que comprovarem renda bruta familiar inferior a um salário mínimo e meio por pessoa terão direito a bolsas integrais, já as bolsas parciais de até 50% são direcionadas ao restante dos jovens e esses não podem ter renda familiar excedente a três salários mínimos por pessoa. As inscrições para participar do PROUNI acontecem duas vezes por ano, no primeiro e no segundo semestre e são gratuitas, feitas através da internet pelo site do PROUNI.

FIES

Fundo de Financiamento Estudantil (FIES) é um programa do Ministério da Educação (MEC) que possibilita a graduação financiada onde você só paga as mensalidades 18 meses após o término do curso, o candidato precisa ter renda bruta familiar inferior a 3 salários mínimos e não pode ser bolsista integral pelo PROUNI apenas bolsista parcial usando o financiamento para completar o valor da bolsa de estudos, as inscrições são feitas pela internet após o segundo semestre do ano e são gratuitas.

EDUCA MAIS BRASIL

O Educa Mais Brasil que é um programa do governo que oferece bolsas de até 70% para estudantes que querem ingressar na educação básica, técnica, graduação e pós graduação, o aluno que tiver interesse em participar deve comprovar que não possui condições de pagar o curso, deve estar há pelo menos 6 meses sem estudar e a instituição em que está matriculado tem que ter parceria com o Educa Mais Brasil, para se inscrever é preciso acessar o site e aguardar a carta de aprovação.

PRONATEC

Para quem está procurando curso técnico o governo criou o Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (PRONATEC), o PRONATEC

atua através de iniciativas e parcerias como o Programa Brasil Profissionalizado que destina-se a contribuir para a qualidade do ensino médio recebendo verba do governo para instalar laboratórios de apoio aos cursos técnicos e profissionalizantes, a REDE e-Tec Brasil oferece cursos gratuitos técnicos e profissionalizantes através dos Serviços Nacionais de Aprendizagem (SENAI, SENAC, SENAR e SENAT), além dos programas voltados para o melhoramento da educação nas instituições o link! PRONATEC http://www.pronatec2015.com/ conta com o Bolsa Formação que oferece cursos de formação inicial e continuada em instituições já existentes para quem está cursando on nível médio ou quem já o possui. Para participar do PRONATEC as inscrições devem ser feitas diretamente nas instituições que oferecem os cursos e podem ser realizadas em qualquer período do ano desde que possua vagas abertas, para se informar de quais instituições são participantes é só acessar o site.

Hoje qualquer um pode ingressar em uma universidade reduzindo seu investimento pela metade ou até mesmo sem pagar nada, então sempre é hora de começar a estudar e aprofundar o conhecimento em busca de um currículo preparado para o mercado de trabalho, e com tantos meios de estudar sem pagar nada a questão financeira já deixou de ser um empecilho.

Website: http://www.sisutec2016.com/

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.