Busca por maior eficiência operacional faz locação de empilhadeira saltar de 40% da demanda para 70% em 2016

Este conteúdo é uma comunicação empresarial

Por DINO DIVULGADOR DE NOTÍCIAS

16 de março de 2017 | 12h12

são paulo--(DINO - 23 fev, 2017) - No ano passado, a demanda por locação de empilhadeiras saltou de 40% para 70% dos negócios realizados pela Crown no Brasil. Para a fabricante de equipamentos de movimentação de materiais americana, presente no país com filial própria há 4 anos, a mudança no perfil foi resultado direto da crise."Nós identificamos a possibilidade do gestor logístico mitigar riscos, garantir eficiência e controle operacional, através da locação de equipamentos", disse Rafael Arroyo, gerente de marketing da Crown Equipment. Para ele, um dos principais fatores que influenciaram a mudança dentro do momento econômico foi a flexibilidade que o modelo de locação possui para adaptar quantidade de empilhadeiras e outros equipamentos, tipos e custos consequentes, de acordo com a evolução da demanda.Mesmo com a economia retraída, as empresas de logística seguiram tomando medidas para buscar a maior eficiência operacional. Assim aproveitaram o ano de 2016 para investir em tecnologia, revisão de processos, busca por produtos de maior qualidade, menor custo total de propriedade e maior retorno sobre o investimento. Através de programas de gestão, puderam aprimorar o controle de custos, aumentar resultados proporcionais ao período e preparar para o crescimento."Para a Crown, 2016 foi um ano de grande aprendizado, consolidação da marca com força de uma empresa com mais de 70 anos de existência mundial", disse Arroyo. O executivo lembra que, com o compromisso de impulsionar a transformação da gestão intralogística dos clientes, foram apresentados quatro novos produtos e houve a expansão da chamada tecnologia de gestão de frotas através do Infolink. "Ao longo de todo o ano realizamos a consultoria adequada para que o gestor logístico pudesse encontrar mecanismos inteligentes de transformação da operação."Para 2017, a aposta é de uma melhora gradual do mercado de empilhadeiras no Brasil, com o aquecimento do consumo de bens não-duráveis. "Aquelas empresas que investirem em gestão eficiente, tecnologia e qualidade, terão o retorno no médio-longo prazo", afirma o gerente de marketing da Crown.Em 2017, a Crown vai ampliar os investimentos no Brasil, entre outros, com a implantação de um novo sistema de gestão interna com ERP da SAP, capacitação da equipe de vendas e pós-vendas, parcerias com empresas de qualificação técnica e, em breve, novos lançamentos de produtos. Sobre a Crown Equipment CorporationA Crown é uma das maiores empresas do mundo em movimentação de materiais, com reputação por ter um design premiado de produtos, engenharia e tecnologia avançadas e serviço pós-venda superior. A filosofia de negócios da Crown utiliza processos integrados verticalmente para projetar, fabricar e distribuir soluções inovadoras que melhoram a produtividade e a eficiência operacional de seus clientes. A Crown produz uma ampla gama de empilhadeiras, bem como tecnologias de automação e gestão de frotas.A sede mundial da empresa está localizada em New Bremen, Ohio, EUA, com escritórios regionais na Austrália, China, Alemanha e Singapura. A empresa tem mais de 13 mil colaboradores em todo o mundo. A Crown opera uma rede de serviços e distribuição que ultrapassa os 500 pontos de venda de varejo em mais de 80 países, incluindo filial própria no Brasil. Para saber mais sobre as ideias da Crown para ajudar os clientes a avançar na produtividade de suas operações, visite www.crown.com/pt-br/.

Tudo o que sabemos sobre:
Releases

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.