Calcule a comida da sua festa, na medida certa

Este conteúdo é uma comunicação empresarial

Por DINO DIVULGADOR DE NOTÍCIAS

15 de março de 2017 | 16h54

(DINO - 15 mar, 2017) - A melhor forma de prevenção é calcular corretamente, a quantidade de comida por convidado. Para organizar tudo corretamente, comece pelo tempo de festa, a faixa etária, o horário e o número de convidados. Tendo isso em mãos, já se pode calcular, exatamente, a quantidade de comida por pessoa e o cardápio certo

Comece o cálculo baseando-se na quantidade de jovens. Lembre-se que, eles comem e bebem mais do que mulheres, idosos e crianças. A cada 2 crianças, conte como um adulto. Quanto maior o tempo de duração da festa, maior a quantidade de comidas e bebidas. No caso de salgados, normalmente, servem de 5 a 12 por pessoa, dependendo da quantidade de pratos que serão servidos em seguida. Para pratos com massas, a quantidade ideal por pessoa é de 150 gramas, quando servida com acompanhamento e 200 gramas, como prato principal. Para frutas e vegetais, a melhor quantidade é de 120 gramas.

O arroz pode ser calculado de duas formas: quando cru, 50 gramas por pessoa ou cozido, 150 gramas por pessoa, pois o arroz cozido dobra de tamanho em seu cozimento. Já a sobremesa, conte as porções, de acordo com o número de convidados, aumentado 25%, ao menos, levando em consideração que, muita gente repete e outros preferem não comer a sobremesa. Já as bebidas, imagine que, homens costumam beber mais que as mulheres. Portanto, para uma festa de 4 horas, reserve 800 ml de cerveja por adulto. No caso de refrigerantes, 400 ml no inverno e 600 ml no verão. Uma quantidade menor, em média 200 ml, é o que se calcula para água.

Segundo o chefe de cozinha Lino Iuliani a dica é simples "Se for festa de criança, não pode faltar bolo. E aquela história de cortar pedacinhos minúsculos, para todo mundo comer, tem que ficar no passado. O ideal é que se calcule 60 gramas por pessoa, o que deve ser uma fatia grossa. Já os docinhos, cada pessoa costuma comer, em média, de 5 a 7 docinhos. Com todas estas dicas, não existe a menor possibilidade da sua festa dar errado. Siga estes passos e garanta o sucesso de sua festa."

Sobre o chefe Lino

Ingressou no mundo da gastronomia em 1981, no restaurante "Ristoranti La Barca" na Cidade de Fano na Itália. Restaurante especializado em frutos do mar. Formado pela Escola Alberghiera Santa Marta em Pesaro.

Há 30 anos é o proprietário da Cantina Bella Itália em Bragança Paulista, onde segue os costumes e tradições trazidos principalmente da região molisana. Presidente da Associação de Bares e Restaurantes Sabores de Bragança desde 2006, e foi Presidente do Conselho Municipal de Turismo de Bragança Paulista de 2010 a 2015. É um dos principais responsáveis pelo resgate do nome da autêntica linguiça de Bragança . Autor do livro Histórias e Receitas dos Sabores de Bragança, abordando suas experiências nos mais de 30 anos dedicados a arte de cozinhar.

Tudo o que sabemos sobre:
Releases

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.