Capitalismo Consciente: o que é e como funciona?

Alphaville Barueri São Paulo--(DINO - 13 mar, 2017) - Quando falamos sobre capitalismo, a imagem que vem de maneira automática na mente de inúmeras pessoas é a de empresários milionários e funcionários que são explorados, comumente trabalhando horas a mais do que seria devido e saudável, por salários que são ínfimos e abaixo daquilo que seria merecido.

Por DINO DIVULGADOR DE NOTÍCIAS

13 de março de 2017 | 12h04

Porém, essa é uma imagem que, apesar de infelizmente fazer parte da realidade de muitas pessoas, não é regra em um mundo capitalista. Isso porque, com pequenas ações diárias, é possível ter dentro de sua empresa um capitalismo consciente, que tem em vista os benefícios não só de você como empreendedor, mas também de seus funcionários, que, assim como você, são pessoas e devem ser respeitadas.

E é exatamente pensando nisso que nós reunimos aqui uma série de dicas e informações que vão mostrar a você como praticar um capitalismo consciente dentro de sua empresa e valorizar seus funcionários, trabalhando com eles de maneira mais humanizada, do seu diretor até o funcionário que realiza a limpeza, pois ambos devem ter a mesma importância.

Capitalismo Consciente O Que É

Como valorizar os seus funcionários

Quando se é um empreendedor, é preciso ter em mente que é importante saber valorizar os seus funcionários. Afinal de contas, mais do que uma atividade que visa tratar com respeito e de maneira humanizada as pessoas que trabalham com você, saber valorizar seus funcionários é importante para aumentar a autoestima dos mesmos.

O que, mais do que resultar em benefícios para eles, também vai gerar benefícios para você enquanto empreendedor, já que funcionários uma com boa autoestima e que se sentem valorizados trabalham com gosto e acabam produzindo mais, o que aumenta os lucros do seu negócio.

É importante que você entenda que todos os funcionários devem ser valorizados, do diretor de área até o funcionário da limpeza, especialmente este último funcionário e os de áreas menos valorizadas, que costumam ser tratados como invisíveis e que devem sim ser vistos, respeitados e valorizados por você.

Pequenas atitudes diárias podem trabalhar com este aumento na autoestima e também valorizar os seus funcionários. A maneira mais simples e eficiente de se fazer isso é por meio da concessão de pequenos benefícios ocasionais, como vales cultura ou mesmo pequenos reconhecimentos para os melhores funcionários, como bonificações em dinheiro ou premiações em viagens.

É importante que isso se aplique a todos os funcionários de sua empresa, em todos os setores da mesma. Para ser um bom empreendedor é necessário mais do que apenas saber lidar com a economia de um negócio, é também preciso ser um bom líder, sabendo motivar e guiar as pessoas de todos os setores do seu negócio.

Afinal de contas, um bom empreendedor e um bom líder sabe que todas as pessoas de todos os setores são importantes para um negócio, do funcionário da limpeza e o porteiro até o diretor de área e o gestor financeiro.

Entender isso e aplicar técnicas de motivação e valorização dentro de sua empresa é o primeiro passo para ter um negócio de sucesso e, mais ainda, ter um negócio humanizado.

Website: http://escritoriosemprelimpo.com.br/blog/blog/capitalismo-consciente-o-que-e-e-como-funciona/

Mais conteúdo sobre:
Releases

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.