Cinco aplicativos de smartphones que deram o que falar em 2016

Este conteúdo é uma comunicação empresarial

Por DINO DIVULGADOR DE NOTÍCIAS

15 Dezembro 2016 | 16h28

(DINO - 15 dez, 2016) - O ano que passou foi muito dinâmico para os usuários de smartphones. Diversos aplicativos surgiram modificando ainda mais a forma como as pessoas se relacionam com a tecnologia. Desde explorar o uso da então desconhecida realidade aumentada, passando por encontrar alternativas ao WhatsApp e conhecer uma nova rede social fundada pelo criador do Orkut, diversos apps surgiram em 2016 e que deram o que falar.

Listamos abaixo os cincos apps que mais chamaram a atenção dos usuários de smartphones no ano de 2016. Veja:

Pokémon GO

Uma das maiores febres entre os usuários de smartphones, Pokémon GO foi um dos aplicativos mais aguardados do ano. Lançado em agosto pela Niantic, Pokémon Go é um game gratuito que utiliza a tecnologia de realidade aumentada e geolocalização para levar os monstrinhos da Nintendo para o mundo real. A dinâmica é parecida com os outros jogos da série: caçar, capturar e evoluir os 151 pokémons.

hello

Uma das maiores surpresas entre os fãs do Orkut, rede social que foi febre no País por muitos anos, o seu fundador, Orkut Buyukkokten, lançou em julho a hello. A nova rede social tem por objetivo aproximar as pessoas, com um conceito muito parecido com o que era o Orkut. De acordo com o próprio criador, a hello é a primeira rede social construída através de amizades profundas, desenvolvida para ajudá-lo a conectar-se com pessoas que compartilham das suas paixões. Além disso, ela foi criada exclusivamente para dispositivos móveis, tanto Android como iOS. Porém, espera-se que uma versão desktop seja disponibilizada em breve.

Telegram

Em julho deste ano, a Justiça voltou a determinar o bloqueio do aplicativo de comunicação instantânea WhatsApp no País, como já havia ocorrido no fim de 2015. Com a decisão, muitos usuários correram para buscar alternativa. Foi assim que o Telegram passou a ganhar a atenção dos donos de smartphones. Com a promessa de privacidade além do normal e recursos mais avançados, o Telegram registrou novos cadastrados quando o rival deixou de funcionar. O app conta com interface moderna, permite bater papo em grupo e ainda tem opções especiais que garantem segurança - como criptografia avançada - e privacidade aos usuários.

Eu Entrego

2016 foi o ano em que o conceito de economia colaborativa ganhou novos patamares. Assim como o Uber e o Airbnb, novos aplicativos surgiram para facilitar a vida das pessoas. Dessa maneira surgiu o Eu Entrego. O app tem o objetivo de conectar pessoas e empresas a uma comunidade de entregadores independentes, oferecendo uma alternativa fácil, flexível e de baixo custo para levar ou trazer qualquer coisa de qualquer lugar 24 horas por dia, sete dias por semana. Funciona como uma espécie de "Uber das entregas". O usuário solicita por meio do app a entrega de qualquer objeto e negocia livremente o preço que gostaria de pagar, no conceito de economia colaborativa.

Happn

Uma das vantagens que a tecnologia trouxe foi conhecer novas pessoas por meio do smartphone. Foi assim que o Happn, aplicativo de paquera, chamou a atenção dos usuários. Por meio dele é possível encontrar facilmente as pessoas que cruzaram com você na rua. Ao contrário de outros apps do gênero, o Happn monitora todos os passos do usuário ? que não são divulgados ? e compara esses dados com a localização de outras pessoas. Posteriormente, o aplicativo exibe com quem você cruzou e oferece a opção de curtir a pessoa anonimamente. Se ela curtir de volta, vocês poderão conversar. Recentemente, foi divulgado que São Paulo é a cidade que mais possui usuários do app no mundo, superando Londres.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.