City International Hospital do Vietnã assume compromisso com a Patient Safety Movement Foundation

Este conteúdo é uma comunicação empresarial

Por DINO DIVULGADOR DE NOTÍCIAS

14 de dezembro de 2016 | 12h33

IRVINE, Califórnia--(BUSINESS WIRE-DINO - 14 dez, 2016) -

A Patient Safety Movement Foundation (PSMF) anunciou que o City International Hospital, localizado na cidade vietnamita de Ho Chi Min, é o mais novo prestador de saúde internacional a assumir um compromisso para a meta da PSMF de erradicar as mortes evitáveis até 2020. O City International Hospital se comprometeu a tomar novas medidas para evitar infecções associadas com o atendimento à saúde e aperfeiçoar a comunicação entre profissionais de saúde durante transições ocorridas no tratamento de pacientes.

O City International Hospital, um hospital de cuidados terciários com múltiplas especialidades e 320 leitos, situa-se no coração do International Hi-Tech Healthcare Park em Ho Chi Minh. Esse importante centro médico do Vietnã assumiu o compromisso de evitar infecções associadas a tratamento de saúde por meio da implementação de medidas para reduzir a pneumonia associada à ventilação mecânica (PAV), com a meta de reduzir em 50% sua taxa de incidência por mil dias de ventilação em até 12 meses.

Além disso, o City International Hospital implementará a solução acionável para a segurança dos pacientes (Actionable Patient Safety Solution, APSS) n.º 6: Comunicação na passagem de casos entre diferentes profissionais. O hospital irá familiarizar a equipe com a técnica de Situação, Histórico, Avaliação e Recomendação (Situation, Background, Assessment and Recommendation, SBAR) e trabalhar para aprimorar a comunicação na transição de casos entre diferentes profissionais médicos durante mudanças de turno e entre os departamentos da instituição.

"O City International Hospital possui um sólido compromisso com a segurança dos pacientes e, em outubro, criou um grupo de trabalho relacionado ao nosso compromisso com a Patient Safety Movement para lidar com a PAV e a transmissão de informações entre diferentes profissionais. Nós nos esforçamos ao máximo para prestar um excelente atendimento aos nossos pacientes, assegurando os melhores resultados clínicos possíveis e superando as expectativas das pessoas que atendemos", declarou o Dr. Le Quoc Su, diretor executivo do City International Hospital (CIH). "Vemos com muito otimismo este trabalho com a Patient Safety Movement Foundation e sua equipe internacional, dedicada a melhorar a segurança dos pacientes e reduzir a taxa de perdas e lesões".

"Estamos muito satisfeitos por ver que o primeiro compromisso do Vietnã é proveniente do City International Hospital e também por perceber o foco geral na identificação de desafios para a segurança dos pacientes em seu hospital e na implementação da APSS mais adequada para superá-los", comentou Joe Kiani, fundador da Patient Safety Movement Foundation. "Precisamos que importantes hospitais em todos os países deem um passo adiante e liderem esse caminho. Os sérios riscos relacionados com infecções associadas ao tratamento e comunicações inadequadas entre diferentes profissionais de saúde não são um problema isolado de um ou outro país, região ou continente. Convocamos todas as entidades médicas do mundo a assumirem um compromisso de colocar a segurança dos pacientes em primeiro lugar, implementar ao menos uma de nossas soluções acionáveis para a segurança dos pacientes e, finalmente, todas elas. Juntos, podemos realizar um enorme impacto positivo e dar um grande passo para salvar milhões de vidas a cada ano de fatalidades causadas por erros médicos".

Sobre a Patient Safety Movement Foundation

Mais de 200 mil pessoas morrem todos os anos em hospitais dos EUA de formas que poderiam ser evitadas. A Patient Safety Movement Foundation foi estabelecida a partir do apoio da Masimo Foundation for Ethics, Innovation, and Competition in Healthcare com o objetivo de reduzir a zero a quantidade de mortes evitáveis até 2020 (0x2020). Aprimorar a segurança do paciente exigirá um esforço de colaboração de todas as partes interessadas, o que inclui pacientes, prestadores de cuidados de saúde, empresas de tecnologia médica, governos, empregadores e pagadores privados. A Patient Safety Movement Foundation atua com todas as partes interessadas para abordar os problemas e as soluções no campo da segurança do paciente. A fundação realiza também Cúpulas Mundiais de Segurança de Pacientes, Ciência e Tecnologia. A primeira cúpula anual ocorreu em janeiro de 2013 e reuniu algumas das melhores mentes de nosso país para a realização de debates instigantes e novas ideias para desafiar o status quo. Ao apresentar receitas específicas e de alto impacto para lidar com os desafios da segurança de pacientes, incentivar empresas de tecnologia médica a compartilhar os dados com quem adquire seus produtos e pedir que os hospitais estabeleçam compromissos para implementar soluções acionáveis em segurança de pacientes, a Fundação está trabalhando para alcançar a meta de erradicar as mortes evitáveis até 2020. Visite http://patientsafetymovement.org.

@0X2020 #patientsafety #0X2020

O texto no idioma original deste anúncio é a versão oficial autorizada. As traduções são fornecidas apenas como uma facilidade e devem se referir ao texto no idioma original, que é a única versão do texto que tem efeito legal.

Ver a versão original em businesswire.com: http://www.businesswire.com/news/home/20161214005735/pt/ Contato: Patient Safety Movement Foundation Irene Paigah, 858-859-7001

irene@paigah.com Fonte: BUSINESS WIRE

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.