Como tirar proveito do cartão de crédito em todos os segmentos

Florianópolis (SC)--(DINO - 26 jan, 2017) - Indispensáveis no dia-a-dia dos brasileiros, os cartões de crédito são cada vez mais utilizados no comércio e na contratação de serviços. Além de práticos, eles atraem os clientes em função dos programas de bonificações e prêmios com o conceito de "usou, ganhou". As milhas são escolhidas pela maioria dos usuários das classes A e B, que contam com a moeda de troca para adquirir passagens aéreas. Hoje há uma verdadeira guerra entre companhias, bancos e clubes de milhagem para conquistar o cliente, mas a maioria dos usuários se sente lesada na troca dos pontos, como explica o empresário João Pimenta: "20% dos pontos são perdidos. Trechos de passagens são jogados no lixo porque o usuário não os resgatam".

Por DINO DIVULGADOR DE NOTÍCIAS

26 de janeiro de 2017 | 15h54

De acordo com o empresário, 99 entre 100 usuários não estão satisfeitos com o uso dos pontos que acumulam com os cartões de crédito. "Existe uma ideia de que as recompensas são inalcançáveis. Desta forma os clientes deixam de lado e perdem dinheiro", diz. Mas isso não é verdade. É perfeitamente possível ter vantagens e aproveitar os pontos dos programas de milhagem", afirma.

João criou a JP Milhas em 2016 depois de se tornar um expert no assunto. "A ideia de fundar a JP Milhas surgiu da minha experiência como usuário de programas de pontuação", explica João. O empresário catarinense entende que os pontos e milhas fazem parte do patrimônio do cliente, assim como uma poupança ou uma aplicação financeira. Isso porque possuem um valor econômico que ajuda a reduzir custos em viagens e compras. "Nosso objetivo é vencer o sistema, já que as companhias contam com a desistência dos clientes na hora do resgate. Estamos aqui pra ajudar nossos clientes a economizar a até a ganhar dinheiro", diz.

Os cartões de crédito são usados em todos os segmentos da sociedade. Hoje é possível resgatar passagens de classe executiva para os clientes de maior poder aquisitivo; ou ganhar brindes e cashback na fatura para clientes das classes B e C, por exemplo. "Nós avaliamos a realidade de cada cliente e vemos o que é melhor para ele, como pode ganhar mais", explica João.

Um exemplo de campanha do "usou, ganhou" é da Calcard. Com sede na Palhoça, SC, a administradora de cartões de crédito, lançou no final de 2016 a campanha Constelação de Prêmios, que vai dar mais de R$ 50 mil em prêmios - incluindo R$ 10 mil em crédito no cartão, uma viagem com acompanhante e um Iphone 7 - até fevereiro de 2017. "Não é sorteio. Basta usar o cartão. Seja comprando, indicando amigos, parcelando compras ou contratando seguros e assistências"", explica Ricardo Toledo, gerente de produto da Calcard.

A campanha segue o conceito de gamificação: o cliente ganha estrelas conforme usa o cartão e pode acumular novas estrelas em promoções específicas em estabelecimentos parceiros. Quanto mais usar o cartão, mais estrelas o cliente acumula e mais prêmios pode conquistar. Ao todo serão distribuídos 300 prêmios.

Website: http://www.jpmilhas.com.br

Tudo o que sabemos sobre:
Releases

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.