Conquistando clientes através do marketing emocional

Novo Hamburgo, RS.--(DINO - 22 fev, 2017) - Nos tempos atuais, todo empresário sabe como o marketing é impactante no sucesso da sua empresa. Mas como tudo, o modo de se fazer marketing está mudando. Tentar convencer o consumidor de que aquele produto é ideal para ele já não funciona tão bem quando nos anos de 1960. Hoje o consumidor quer se sentir parte de uma marca, ou seja, a existência dela precisa fazer sentido.

Por DINO DIVULGADOR DE NOTÍCIAS

22 de fevereiro de 2017 | 13h54

Para Philip Kotler, referência mundial em marketing, com mais de cinquenta livros publicados, o futuro pertence ao Marketing 3.0. "Pense no consumidor não em termos de alguém que vai comprar seu produto, mas alguém que deseja que o mundo seja um lugar bom para viver. O que você está fazendo para mostrar a ele que se importa?", diz Kotler.

99% das compras feitas no mundo inteiro, são decididas por fatores emocionais. Mesmo que você só compre o que realmente precisa, a maior parte dos seus gastos vão ser com produtos que criaram uma relação emocional com você. Kotler usa como exemplo a marca de frangos estadunidense, Perdue Chicken, seu fundador Frank Perdue se importava com os animais e os tratava de forma distinta, ele não utilizava processos brutos com os frangos, o que resultava em uma carne mais macia.

"Há uma história com a marca, uma história que te toca enquanto os competidores estão apenas dizendo 'nós vendemos frango'", explica Kotler.

O marketing emocional pode ser realizado em vídeo, áudio ou post que você compartilha no Facebook. A essência é passar um sentimento, através de uma história narrada, assim como uma música impactante. Com ele a empresa está pensando nos seus valores e ideais, transmitindo essa emoção através de uma mensagem.

"Mudamos do marketing de transação para o marketing de relacionamento", comenta. "Mais e mais empresas estão focando em fazer mais pelo consumidor", conclui Philip Kotler.

Uma escola pode usar o marketing emocional para criar uma relação de apoio com os alunos, pais e professores. Assim como uma farmácia, que utiliza essa estratégia para dizer que nas situações mais difíceis ela vai estar presente para solucionar seus problemas.

O segredo é a marca deixar claro o que realmente está propondo para o seu cliente, que ele pode ser mais do que um consumidor, alguém que ajudou a construir a empresa e tornou o que ela é hoje.

Website: http://www.redglobal.cc/

Tudo o que sabemos sobre:
Releases

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.