Controles internos em favor do negócio

São Paulo, SP--(DINO - 13 fev, 2017) - Projetos de auditoria e de controles internos compõem um lado altamente importante das consultorias de gestão de riscos e governança corporativa e representam, tanto quanto a prevenção de fraudes e análises sobre conduta ética, uma efetiva minimização de perdas e até mesmo impulso na lucratividade das empresas e organizações.

Por DINO DIVULGADOR DE NOTÍCIAS

13 de fevereiro de 2017 | 10h52

De acordo com Elcio Benevides, economista e CEO da consultoria GRCompliance, as áreas de processos e ética formam uma essencial inteligência de conformidade para estabelecer práticas de integridade, principalmente, na recuperação e prevenção de perdas.

Os principais riscos aos quais as empresas são expostas, segundo Benevides, estão nas áreas financeiras - principalmente em processos de pagamentos - de suprimentos e comercial. Entretanto, diversas outras áreas de uma organização podem ser afetadas por falhas ou falta de controles internos, a depender do modelo de negócio.

Nesse contexto, a atuação de uma auditoria interna pode evoluir para implementação ou melhorias dos controles e eficiência dos processos em todas as áreas contempladas pelas análises. Para o CEO pode-se dividir em algumas fases principais o andamento desses projetos.

"Inicialmente, tem-se uma atividade detectiva e de mapeamento dos riscos inerentes ao negócio, por meio de uma metodologia internacional, para avaliar a exposição da companhia aos riscos residuais. Após este mapeamento, e com priorização dos riscos de maior exposição, define-se um plano de auditoria interna e realiza-se testes de auditoria para verificar de forma assertiva a materialização dos riscos identificados. Por fim, é feita uma proposição de melhorias nos processos, sistemas e ferramentas internas a fim de que se estabeleça um dinamismo de prevenção a perdas e até mesmo de recuperação de valores", resumiu Benevides.

Segundo o CEO, para os riscos de maior exposição será necessário um monitoramento contínuo. "O monitoramento contínuo pode resultar em oportunidades ao negócio. Com estratégias e com o método correto é possível evitar grandes perdas", recomendou Benevides.

Informações à imprensa:

Samara Dorotheu

(11) 99499-7756 e 2389-4767

samara@grcompliance.com.br

Website: http://www.grcompliance.com.br/

Tudo o que sabemos sobre:
Releases

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.