CowParade Brasil completa 10 anos e volta à São Paulo

São Paulo--(DINO - 10 fev, 2017) - Considerado um dos maiores e mais bem-sucedidos eventos contemporâneos de exposição de arte de rua do mundo, a CowParade Brasil completa 10 anos e traz de volta à São Paulo a alegria e beleza das vaquinhas coloridas que, ao longo dos últimos anos, percorreram o Brasil de Norte a Sul, decorando as ruas de cidades como Curitiba, Belo Horizonte, Rio de Janeiro, Porto Alegre, Goiânia, Belém do Pará e despertando o fascínio e admiração dos brasileiros pela arte urbana.

Por DINO DIVULGADOR DE NOTÍCIAS

10 Fevereiro 2017 | 17h04

Em comemoração à 10ª edição, os artistas serão convidados a retratar e homenagear uma das 45 cidades onde já aconteceu a CowParade. Inspirado pela temática "uma viagem pelo mundo", o evento espera atrair artistas que poderão expressar todo seu talento e criatividade numa escultura de vaca feita em ?bra de vidro e em tamanho natural. As inscrições já estão abertas e poderão ser feitas, gratuitamente, através do site: www.cowparade.com.br até o dia 19 de fevereiro.

As esculturas serão decoradas por artistas locais e distribuídas pela capital paulista, a partir de 26 de abril.

Patrocinada pela Smiles, um dos maiores programas de multifidelização do Brasil, com mais de 12 milhões de participantes, com 14 das melhores companhias aéreas do mundo, que voam para 160 países, a 10ª CowParade Brasil espera repetir o sucesso da última edição paulista, realizada em 2010, que contou com a participação de dezenas de artistas.

"Para a Smiles é importante patrocinar a cultura e o entretenimento. O crescimento da arte urbana em todo mundo, além de ser uma forma dos artistas se expressarem, oferece à população um contato mais próximo com a cidade, pois é um evento para toda a família. Além disso, a temática da CowParade de viajar pelo mundo, está alinhada à estratégia da Smiles, que voa para todos os destinos por onde a exposição já passou", comenta Loraine Ricino, diretora de marketing da Smiles. A viabilização do patrocínio da CowParade foi uma iniciativa da Átomo Comunicação, dentro do plano estratégico desenvolvido para a marca em 2017. Dando suporte ao projeto, será lançada ainda uma campanha on/off que visa ampliar a visibilidade da mostra, impactando todos os públicos.

Caráter beneficente

Além de expor a beleza e exuberância das obras, a exposição também visa promover a responsabilidade social. Ao final de cada edição, as peças são leiloadas e o dinheiro é destinado para instituições beneficentes. No Brasil, o projeto já arrecadou e doou mais de R$ 5 milhões para ações de responsabilidade social como Fundação ABRINQ, Fundação Gol de Letra, SERVAS ? Serviço Voluntário de Assistência Social (BH), Rio Inclui (RJ), AVAO - Associação Voluntariado de Apoio à Oncologia (PA), entre outras. Ao redor do mundo, mais de 10.000 artistas já participaram da CowParade e estima-se que mais de 500 milhões de pessoas tenham visto uma das esculturas. No total, mais de US$ 35 milhões foram levantados para entidades beneficentes através do leilão das peças.

História de sucesso

A CowParade surgiu em 1998, quando o artista suíço, Pascal Knapp criou diversas esculturas em formato de vaca com a intenção de provocar o riso. Em 2000, os direitos das esculturas de Knapp foram comprados pelo americano Jerry Elbaum que fundou a CowParade Holding Inc. Desde então, foram criadas mais de 5 mil esculturas de vacas em todos os continentes.

No Brasil, o evento é idealizado pela Toptrends, empresa brasileira criada, em 2004, com a missão de democratizar a arte e a cultura através de projetos especiais. Para Catherine Duvignau, organizadora do evento, realizar a 10ª edição da CowParade no Brasil reafirma a qualidade artística do país e o potencial da arte de rua. "A CowParade é uma oportunidade para que grafiteiros, designers, arquitetos, artistas plásticos e toda a comunidade criativa possam apresentar o seu trabalho para o mundo", destaca.

Website: http://cowparade.com.br/

Mais conteúdo sobre:
Releases

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.