Cuide da água da sua empresa e ajude a salvar o mundo

Este conteúdo é uma comunicação empresarial

Por DINO DIVULGADOR DE NOTÍCIAS

16 de março de 2017 | 10h22

Atibaia - SP--(DINO - 03 mar, 2017) - A água é o principal componente do corpo humano, mas de uns tempos para cá, este recurso está se esgotando, sendo discussão entre líderes de todo o mundo. A importância de conscientizar a população mundial sobre o consumo e desperdício deste bem tão precioso, é muito importante.

Apesar da maior parte do mundo ser composto por água, cerca de um bilhão de trilhões de litros de água, 97% é salgada. Outra parte está congelada nos polos no planeta. Nos sobra a água que está na parte subterrânea; e acreditem, não é pouco. Esta água seria suficiente para nossa sociedade se fosse consumida e utilizada corretamente, o que não acontece há muito tempo.

Temos as águas das chuvas para repor, mas infelizmente, aproveitamos menos de 10%, o restante é dividido entre a evaporação ou absorvida pelos vegetais. Utilizamos poucos recursos para a captação do recurso proveniente das nuvens. Todos os anos, cerca de 110.000 milhões de metros cúbicos de água caem sobre a superfície da terra.

Uma forma de aproveitar o máximo da água é aproveitá-la de maneira sustentável, hoje em dia são disponibilizados muitos equipamentos para consumo e outras formas de utilização como em empresas, maquinário, limpeza, etc.

Empresas como a Asstefil , oferecem uma gama de equipamentos para que você aproveite uma água potável e saudável. Cada um precisa fazer a sua parte, principalmente investindo em equipamentos para tratamento de água e filtragem de produtos para processos industriais.

É possível desenvolver projetos especiais para tratamento de água potável e para processos industriais. Pense no mundo, na sustentabilidade e principalmente, na qualidade do recurso que está usando.

Website: http://www.asstefil.com.br/

Tudo o que sabemos sobre:
Releases

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.