Diante da crise econômica e juros baixos, empréstimos consignados crescem 20% e ganham força no mercado

(DINO - 22 fev, 2017) - Aumentou em 20% o número de contratos de crédito consignado no último ano, 40% destes documentos são do Estado de São Paulo. Os dados são de um estudo realizado pela Access, segunda maior empresa do mundo em gestão de documentos e informações, que fornece soluções para formalização de contratos às principais instituições financeiras do país.

Por DINO DIVULGADOR DE NOTÍCIAS

22 de fevereiro de 2017 | 14h16

Com uma taxa de juros de 3%, uma das mais baixas do mercado, o empréstimo consignado desconta sua prestação diretamente na folha de pagamento ou de benefício previdenciário do contratante, segundo o Banco Central do Brasil. A consignação depende da autorização prévia do cliente à instituição financeira.

O estudo mostra que dos mais de 400.000 contratos formalizados por mês, pela empresa, 90% são concedidos a servidores públicos e aposentados e 67% são de até R$3.000. "Diferente de São Paulo, os Estados do Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul registraram queda nos volumes de 2016 em relação à 2015, de 6% e 12% respectivamente" , explica Inon Neves, vice presidente da Access no Brasil.

Alguns especialistas afirmam que os juros mais baixos são decorrentes da garantia que as instituições financeiras têm sobre o pagamento. Por outro lado, mesmo sendo uma alternativa fácil, a modalidade pode causar um grande comprometimento da renda do consumidor. É preciso ter muito cuidado na hora de formalizar esse tipo de serviço em um contrato, para evitar que os contratantes se endividem ainda mais.

Serviços de formalização evitam irregularidades

A formalização desse tipo de contrato é um dos serviços oferecidos pela Access, que tem como finalidade mitigar riscos nas auditorias sofridas pelos bancos e diminuir inconsistências das operações, bem como aumento da eficiência e melhoria operacional. A companhia executa o processamento de informações relativas a documentos de diversas modalidades de operações de crédito, câmbio e abertura de contas correntes, realizadas por instituições financeiras, respeitando todas as regras internas e exigências legais.

No âmbito empresarial, formalizar contratos físicos e digitais permite a geração de indicadores de negócio e possibilita o acompanhamento do status do Acordo de Nível de Serviço (SLA, do inglês Service Level Agreement) em cada fase da esteira de produção, garantindo controle e segurança.

Tudo o que sabemos sobre:
Releases

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.