Dicas para escolher o revestimento para o quarto de bebê

Rio de Janeiro, RJ--(DINO - 24 jan, 2017) - Decorar um quarto de bebê pode ser extremamente prazeroso e também um pouco assustador, principalmente para quem nunca fez isso antes e ainda precisa escolher um revestimento para usar no espaço.

Por DINO DIVULGADOR DE NOTÍCIAS

24 de janeiro de 2017 | 18h04

Vale ressaltar que a escolha do revestimento para o quarto do bebê é algo bem importante e que deve ser feito com calma. Afinal, existem várias opções de revestimentos que podem tornar o espaço ainda mais bonito e aconchegante, contribuindo para a sensação de bem-estar tanto da criança quando se seus pais.

Não se esqueça que o revestimento influenciará profundamente a atmosfera do ambiente e, portanto, além de bonito, ele deve proporcionar conforto e tornar o espaço lúdico e propício ao desenvolvimento da criança.

Aproveite que a parede ainda está branca e deixe a imaginação rolar.

1) Pesquise em revistas de decoração, internet e lojas de revestimentos para conferir o que há de novo. Esses estabelecimentos, muitas vezes, oferecem consultores ou indicam profissionais que podem ajudar muito no processo de escolha do revestimento para o quarto de bebê.

2) Defina o estilo do revestimento para o quarto do bebê: Papel de parede , por exemplo, pode dar um ar mais diversificado e romântico ao espaço; um revestimento cimentício pode deixar o ambiente com uma aparência mais moderna e sofisticada; uma pintura temática pode tornar o cômodo mais descontraído.

3) Cuidado com os excessos: É claro que uma combinação de revestimentos pode ajudar a tornar o espaço mais especial e personalizado. No entanto, é importante tomar cuidado com os excessos. Afinal, o ambiente deve ser calmo e tranquilo, proporcionando boas noites de sono e ainda contribuindo com o desenvolvimento da criança, o que nem sempre é possível se obter em um espaço com muitas informações visuais.

Website: http://itanhangarevestimentos.com.br/

Tudo o que sabemos sobre:
Releases

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.