E-commerce ganha mais agilidade com sistemas integrados

São Paulo, SP--(DINO - 09 fev, 2017) - Os marketplaces vêm ganhando força no Brasil, sendo que lojas de diversos portes, sejam elas físicas ou virtuais, expõem e comercializam seus produtos nesses grandes shopping centers online. Para o lojista, a presença em marketplaces resulta em visibilidade e possível aumento nas vendas.

Por DINO DIVULGADOR DE NOTÍCIAS

09 de fevereiro de 2017 | 18h30

Para não se confundir em meio a tantas mercadorias, lojas, clientes e marketplaces, muitos empresários aderem a um Hub (gerenciador) integrado ao sistema de gestão online (ERP). Já ouviu falar desse recurso? Neste texto você descobre como um hub eficiente pode auxiliar comerciantes que desejam vender online de forma prática e organizada.

VENDER EM MAIS DE UM CANAL EXIGE ORGANIZAÇÃO

O Hub é uma ferramenta que gerencia informações de produtos, cuida dos dados de entrega, administra todos os pedidos e gera relatórios. Para ter melhor desempenho, a dica é escolher um sistema que integre com seu software de gestão, assim os sistemas concentram o gerenciamento das lojas cadastradas em marketplaces e você diminui o trabalho operacional, minimizando erros de administração e atendimento.

Já o ERP busca os pedidos realizados e gerencia a emissão de Notas Fiscais, além de armazenar cadastros de fornecedores e clientes e gerar relatórios financeiros, gerenciais e de impostos, construindo uma visão panorâmica da realidade da empresa.

Sidney Zynger, diretor de marketing do Bling, destaca que o lojista virtual precisa de processos dinâmicos, que simplifiquem tanto o back office quanto as ações de compra e venda. "Optar por plataformas que permitam integração com outros sistemas é fundamental para o bom desempenho da empresa, especialmente para quem atua em mais de um canal. Por isso, é importante escolher um ERP e um hub que conversem entre si e com outros sistemas, multiplicando as possibilidades de atuação no e-commerce", explica.

SISTEMAS INTEGRADOS SIMPLIFICAM A GESTÃO

Integrando o Hub ao ERP, o empresário pode gerenciar toda a parte de frete e logística da loja direto do sistema de gestão, assim não precisa acessar diversos softwares diferentes para acompanhar seu negócio.

O gerente de novos negócios da SkyHub, Lucas Vidal Cardoso, destaca a importância do ERP para o comércio eletrônico. "Atualmente, o marketplace tem se fortalecido cada vez mais como um canal de vendas no varejo, e as empresas, tanto do mundo virtual quanto do físico, aderem a este novo modelo de negócio e podem expandir suas vendas de forma prática e rápida", ressalta.

Integrados, Hub e ERP facilitam as operações de venda desde o estoque até a entrega, pois fazem toda a troca de informações das mercadorias de maneira rápida e inteligente. Com os dados sincronizados, o lojista pode integrar seus produtos a um ou mais canais de markteplace, loja virtual própria e unidade física. Juntos, os softwares controlam os pedidos oriundos de cada canal e organizam as demandas em um único sistema de gerenciamento.

ERP + HUB = E-COMMERCE OTIMIZADO

Atento às tendências do mercado, o empresário Raul Tavares do Prado, fundador das Lojas Mineiras, já aposta na combinação de ERP e Hub integrados. "A SkyHub veio facilitar ainda mais o que já era fácil dentro do Bling. Hoje é possível reunir todos os canais de compra em uma única plataforma, o que facilita a definição de preços e as estratégias de venda, além de agilizar o processo de catalogação dos produtos, principalmente dentro da B2W", relata.

Saiba como as Lojas Mineiras melhoraram sua gestão e cresceram após utilizar sistemas integrados .

Website: https://www.bling.com.br/home

Tudo o que sabemos sobre:
Releases

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.