Empresas devem investir em conteúdo para se manter competitivas no mercado

Joinville, SC--(DINO - 08 mar, 2017) - Foi-se o tempo em que o marketing de interrupção tinha vez no mundo dos negócios. Agora o potencial consumidor deseja que as marcas gerem valor, mesmo antes de se tornarem clientes.

Por DINO DIVULGADOR DE NOTÍCIAS

08 Março 2017 | 13h42

Um estudo da Demand Gen Report revelou que 47% dos consumidores visualizam de 3 a 5 peças de conteúdo antes de conversar com um vendedor. Este dado alerta as empresas para a "necessidade de se preparar para um consumidor mais consciente e preparado", de acordo com César Ribeiro, CEO do RedatorOnLine.net.

O mesmo estudo ainda mostrou que 96% dos compradores querem consumir conteúdos dos chamados líderes da indústria, as marcas ou pessoas que têm destaque em determinado nicho de mercado.

Ainda segundo César, o conteúdo é a única forma para as empresas se manterem ativas e atraírem mais clientes. Afinal de contas, estamos falando de uma das estratégias de marketing mais baratas atualmente.

Com o crescimento da internet e popularidade das mídias, qualquer empresa pode criar o seu império de conteúdo. Hoje já não existem barreiras para criar o seu próprio blog ou subir vídeos no YouTube rapidamente, o desafio agora é saber como aproveitar essa tendência, disse o CEO.

Essa dificuldade em usar conteúdo para gerar negócios ficou bem visível na pesquisa Content Trends de 2016. De acordo com o estudo, apesar de 70% das empresas brasileiras já usarem a estratégia, apenas 12,7% têm um nível avançado no segmento. Ou seja, poucas empresas ainda conseguem medir os resultados do marketing de conteúdo e aplicá-lo com eficácia dentro da empresa.

Para César a falta de entendimento da estratégia e integração da equipe com a geração de conteúdo, são algumas das principais causas para este problema. Segundo ele, a maioria dos empresários ainda enxerga o conteúdo apenas como forma de divulgação de produtos ou serviços, o que não traz resultados na prática.

"Na verdade, as pessoas não ligam para o seu produto, serviço ou empresa. Elas querem que você as ajude a resolver um problema e ponto final", disse César. Neste contexto é que entram os conteúdos produzidos pela empresa.

César que atua como consultor de marketing de conteúdo também complementa: "Os textos para blog, vídeos e outras peças de conteúdo devem solucionar problemas do público-alvo da empresa e assim atraí-los por necessidade. Depois disso e quando as pessoas estiverem prontas para comprar, aí sim você deve vender seu peixe".

Em sua experiência de 7 anos no setor, César já auxiliou centenas de empreendedores na geração de conteúdo com resultados. Em todo este tempo, segundo ele, a maior dificuldade ainda está entender o que a público precisa, ou seja, quais informações realmente são relevantes para o seu potencial cliente. Ao responder essa pergunta fica mais fácil gerar o conteúdo certo e conseguir vender com ele.

"Para que as empresas continuem ativas no mercado e competitivas elas precisam oferecer algo a mais para seus clientes. Em plena era digital, essa inovação pode ser mais simples do que parece e o conteúdo é a maior prova disso", finalizou o consultor.

Sobre o RedatorOnLine.net

O RedatorOnLine.net é uma agência de marketing de conteúdo de Joinville SC, especializada em pequenos empreendedores e profissionais liberais. O maior objetivo da empresa é auxiliar seus clientes na geração de conteúdo de qualidade e com resultados.

Fundada em 2014, depois da vasta experiência como consultor e freelancer de seu CEO, a agência já atendeu mais de 300 clientes em diversos setores e coleciona depoimentos incríveis em seu site.

http://www.redatoronline.net

Website: http://www.redatoronline.net

Mais conteúdo sobre:
Releases

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.