Erro em licitações também é responsabilidade da empresa

Florianópolis, SC--(DINO - 21 fev, 2017) - Com a descoberta de muitos casos de corrupção, principalmente na Operação Lava Jato, ouvimos falar que houve Ato de Improbidade Administrativa, do qual entendemos que apenas a Administração Pública cometeu algo errado/improbo em determinada licitação.

Por DINO DIVULGADOR DE NOTÍCIAS

22 de fevereiro de 2017 | 14h54

É importante alertar que a Lei de Licitações não prevê apenas responsabilidade da Administração em si, mas também da empresa contratada.

A advogada Marilia Raposo Vieira, do Berthier Advogados, de Florianópolis (SC), aponta que, nesta lei, há algumas cláusulas ? daquelas consideradas exorbitantes - que concedem à Administração Pública autonomia para rescindir ou alterar unilateralmente o contrato com o particular e o mais importante: que a cláusula não pode ser usada para maquiar um erro ou má-fé que a Administração possa causar.

Ao ser contratado pela Administração, a empresa deve partir do pressuposto que a contratante estará agindo de boa-fé. Entretanto, é fundamental estar bem informado sobre as leis que o amparam e que garantem seus direitos se ocorrer algum abuso por parte da Administração Pública.

Tudo o que sabemos sobre:
Releases

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.