Estação de lasers é novidade no mercado com cuidados para a pele em várias dimensões

Belo Horizonte, MG--(DINO - 27 jan, 2017) - Uma nova geração de lasers chegou ao Brasil. E essa novidade já está disponível em Belo Horizonte, com a dermatologista Dra. Tathya Taranto, responsável por trazer uma das primeiras máquinas para a capital mineira.

Por DINO DIVULGADOR DE NOTÍCIAS

27 de janeiro de 2017 | 18h04

Fotona é o nome do novo equipamento e da empresa eslovena que o produz. Com essa novidade, a médica trabalha uma terapia 4D que muda por completo a forma até então conhecida de se tratar a pele.

"Tenho a preocupação de buscar em meu trabalho as melhores opções do mercado, novas técnicas e atualização permanente para oferecer um serviço diferenciado aos meus pacientes. Verifiquei com o Fotona a oportunidade de trabalhar o rejuvenescimento de uma forma completa e diferenciada e invisto nesse conceito que já começa a mudar o cenário de aplicação de lasers no Brasil", explica Dra. Tathya que tem sua clínica em Belo Horizonte.

A técnica 4D, possível graças ao uso do Fotona, promove um tratamento combinando dois tipos de lasers: o ND Yag e o Erbium Yag. Juntas, essas tecnologias atuam na flacidez profunda, no relevo, na textura e no contorno facial. Esses são os efeitos tridimensionais já conseguidos com vários outros equipamentos. A quarta dimensão é o tempo; por essa razão, esse protocolo foi batizado de 4D. Como resultado do uso do novo equipamento, foram observadas uma renovação e estímulo celular intensos além de uma melhora da função tecidual muito mais duradoura.

Pele de Noiva

Referência em tratamento e cuidados especiais para pele de noivas, Dra. Tathya desenvolveu protocolos faciais e corporais que conceitua como "Pele de Noiva". Seu conceito está alinhado com as possibilidades de tratamentos com o Fotona.

É importante destacar que o Fotona, aplicado na Técnica 4D, age como um "lifting" porque o laser é aplicado desde o colo, passando pelo pescoço, e face, até a fronte na região anterior do couro cabeludo. Aquecendo profundamente essas regiões, que têm mais colágeno, ocorre um estímulo importante que eleva a face como um todo.

Dra. Tathya reforça que o Fotona pode ser usado em qualquer tipo de pele ? inclusive morenas e negras. Por não ser ablativo pode também ser feito no verão. O paciente não precisa de qualquer preparo específico prévio e pode retomar normalmente com sua rotina. As sessões variam de 30 a 90 minutos e seguem protocolos adequados às necessidades de cada paciente.

A dermatologista reforça que é fundamental uma avaliação inicial por médico especialista e a prescrição de protocolos indicados à cada necessidade.

Clínica Dra. Tathya Taranto no instagram: @clinicatathyataranto

Tudo o que sabemos sobre:
Releases

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.