Ex-modelo Loemy Marques deixa a cracolândia e reaparece com novo visual graças ao Visagismo

São Paulo - SP--(DINO - 17 jan, 2017) - História de jovem, que frequentava a Cracolândia, foi revelada por VEJA SÃO PAULO

Por DINO DIVULGADOR DE NOTÍCIAS

17 de janeiro de 2017 | 18h36

A ex-modelo Loemy Marques, de 26 anos, que está em tratamento contra o vício em crack há 1 ano e cinco meses, apareceu completamente transformada no programa de Rodrigo Faro, na Record.

Em reportagem, VEJA SÃO PAULO já havia mostrado a recuperação da jovem, que voltou a trabalhar e a frequentar academia. Dias depois de ter sua história revelada pela Vejinha, em novembro de 2014, a ex-modelo recebeu uma oferta do programa Hora do Faro receber tratamento contra a dependência química.

A Record custeou o tratamento da jovem em clínicas de reabilitação e moradias assistidas e fará o encerramento do caso dela no palco.

Ela recebeu assistência completa direcionada pela Consultoria Visagista com elaboração de dossiê para harmonização da imagem, que inclui diversos projetos:

Cabelo;

Pele;

Embelezamento do Olhar;

Dentística;

Unhas;

Vestuário;

Acessórios;

Dossiê Visagista;

Consultoria Visagista Facial Parcial;

Análise Cromática.

Durante o programa, ela ainda ganhará um curso profissionalizante de estética e receberá a visita da mãe Elizabeth e da irmã Noemi, que moram em Mato Grosso.

Nascida no interior de Mato Grosso, Loemy veio para São Paulo para tentar a carreira de modelo. Desembarcou em janeiro de 2012 com 3 000 reais dados pela mãe e foi dividir um apartamento no Itaim com outras modelos. Nessa época, fez o primeiro book profissional. Encaminhada às principais agências de manequins da capital, não vingou em nenhuma.

Em agosto de 2012, começou a morar de favor no Bom Retiro, em um apartamento de um amigo. Tem na memória o dia e o horário exatos em que fumou a primeira pedra de crack: 15 de setembro, às 4 da manhã.

Viciou-se em crack e acabou indo parar na Cracolândia, onde viveu por mais de 2 anos. Consumia cinco pedras por dia, em média. Para custear o vício, chegou a se prostituir.

Website: http://www.redteam10.com.br

Tudo o que sabemos sobre:
Releases

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.