Fábrica de MDF da Asperbras deve ser concluída no início de 2018

São Paulo, SP--(DINO - 07 fev, 2017) - A Asperbras segue a passos largos para concretizar mais um grande projeto ao longo de sua história de meia década, com o avanço da construção da sua indústria de placas de fibra de madeira de média densidade (MDF), em Água Clara, na região leste de Mato Grosso do Sul. Três anos após o anúncio do projeto, a fábrica tem 53% de suas obras concluídas.

Por DINO DIVULGADOR DE NOTÍCIAS

07 de fevereiro de 2017 | 09h52

O cronograma adotado está dentro do previsto, com as instalações civis e de infraestrutura concluídas em 2016, ano em que também teve o início das montagens eletromecânicas no mês de outubro, com uma parte importante já em construção. O começo da operação está programado para janeiro de 2018, com produção de 250 mil m³ por ano e criação de 550 empregos diretos e indiretos, o que trará um impacto positivo para a economia da região.

A Asperbras investiu em cursos preparatórios, em conjunto com o Senai de Três Lagoas (MS), para capacitar os novos funcionários em mecatrônica básica, português e matemática básicos, segurança, metrologia e, principalmente (50% da carga horária), treinamento em equipamentos e processo de MDF ministrado pela própria empresa. A partir de setembro deste ano, haverá um estágio para os melhores alunos deste programa.

Outro ponto a ser destacado é a implantação de um programa de estágio para 10 estudantes de engenharia (e outros cursos de nível superior) que residem em Água Clara.

A produção será destinada ao mercado interno e externo, já que de 15 a 20 % do volume será voltado para exportação, sobretudo para a indústria moveleira, uma das principais consumidoras de placas de MDF e a empresa, inclusive, já prevê expansão da capacidade de produção para 580 mil m³/ano, em uma segunda etapa.

A Asperbras irá participar da FIMMA 2017 (Feira Internacional de Máquinas, Matérias-Primas e Acessórios para a Indústria Moveleira), que acontece entre os dias 28 a 31 de Março de 2017 em Bento Gonçalves/RS e tem os mesmos moldes da ForMóbile 2016.

Tudo o que sabemos sobre:
Releases

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.