Ferramenta monitora a satisfação do consumidor em mais de 50 países.

Este conteúdo é uma comunicação empresarial

Por DINO DIVULGADOR DE NOTÍCIAS

15 Dezembro 2016 | 14h24

São Paulo, SP--(DINO - 15 dez, 2016) - Quer saber como anda a satisfação do consumidor em relação aos restaurantes e bares de São Paulo? Ou em relação as lojas de Nova York? Ou talvez em relação a vida noturna de Paris ?

Então basta acessar o Reputation Monitor. Ferramenta da empresa de tecnologia Consume lançada no último mês em Nova York nos EUA no evento de tecnologia The Next Web NYC.

Basicamente, a ferramenta colhe semanalmente milhares de opiniões de consumidores nos principais sites de avaliação da internet de milhões de empresas. E em mais de 50 países. Com estes dados, são criados os índices.

Que apontam o humor dos consumidores em diversos países em relação a segmentos como bares, restaurantes, hotéis, baladas, lojas de roupas e até mesmo de bibliotecas e eventos entre outros. Também é possível ver a variação da reputação dos setores avaliados.

A ferramenta é gratuita e pode ser acessada via celulares e desktop através da URL: www.reptmonitor.com

De acordo com estudos recentes (McKinsey), o consumo global urbano deverá crescer 23 trilhões de dólares até 2030.

Os negócios locais com as habilidades necessárias para desenvolver produtos e serviços personalizados para esta demanda crescentes de consumidores complexos, podem prosperar e muito. Dados como os gerados pelo monitor serão cruciais nesta tarefa.

Uma versão restrita e mais complexa está em desenvolvimento para a imprensa mundial, universidades e empresas interessadas em acompanhar os índices e utilizá-los para entender a relação entre reputação online e satisfação do consumidor local e global.

"A reputação online é um dos indicadores mais valiosos que podemos consultar nos dias de hoje. Pois é a resposta em real time do consumidor sobre o esforço que as empresas realizam para satisfazê-los. " Explica José Jarbas, CEO do Consume e idealizador da ferramenta.

Website: http://www.reptmonitor.com

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.