Ferramenta quer trazer mais eficiência para o mercado imobiliário e de construção através de Big Data

Belo Horizonte - MG--(DINO - 26 jan, 2017) - O mercado imobiliário é gigante, e disso todo mundo sabe. De acordo com a Caixa de Assistência dos Profissionais do CREA, MUTUA, nos últimos três anos imóveis movimentaram R$2,9 bilhões no centro de São Paulo apenas. Segundo o IBGE, em 2013 ele chegou a configurar 9% do PIB brasileiro e, apesar da crise e das notícias negativas ultimamente, continua a ser um importante mercado.

Por DINO DIVULGADOR DE NOTÍCIAS

26 de janeiro de 2017 | 11h40

No entanto, sempre que se conversa sobre imóveis e seu preço surge a dúvida: quanto será que eles realmente valem? Para piorar a situação, hoje em dia existem 4 indicadores de preço criado por diferentes instituições e que algumas vezes se contradizem ou apresentam viés ou distorções. Eis que surge um novo produto, resultado do trabalho de alunos e ex-alunos da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), que usa dados de listagens, demográficos e socioeconômicos para pintar uma imagem mais completa do mercado.

O Kapputo surge com a vontade de trazer mais eficiência e transparência para o mercado imobiliário e de construção ao utilizar mais informações, poder computacional e técnicas estatísticas para as análises do mercado. "Ao conversar com especialistas e construtores, percebemos que muitos dos valores são adivinhados "chute"", relata um dos sócios. De acordo com os empreendedores isso se dá devido à complicação de conseguir informações do mercado.

E se isso já traz problemas para quem quer comprar ou alugar um imóvel para si, os problemas para quem trabalha e sobrevive através desse mercado são ainda maiores. De acordo com um representante de imobiliária de Belo Horizonte, fica ainda mais difícil para as pequenas imobiliárias que se afiliam a grandes redes como Brasil Brokers, Net Imóveis e Habitar, pois acabam recebendo estoques de lugares dos quais não tem conhecimento para prestar uma consultoria de qualidade.

Construtoras também sofrem com a falta de informação no mercado, especialmente as pequenas e médias que não conseguem manter uma equipe de inteligência de mercado na equipe e devem se contentar com pesquisas rápidas e informais. Quando optam por uma pesquisa mais informada, esses construtores devem pagar até R$20.000,00 em uma pesquisa.

É a partir desse cenário que os fundadores tiveram a ideia de criar o Kapputo, descrito por eles como uma ferramenta de inteligência de mercado que facilita as análises e tomada de decisão de quem atua no mercado imobiliário. Todas as informações relevantes são mostradas diretamente em um dashboard, a partir do qual o usuário pode acessar maiores análises como de preço, impacto de construção e previsões estatísticas do mercado.

Website: https://www.kapputo.com/

Tudo o que sabemos sobre:
Releases

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.