Festival de Arte e Circo do Gramadão mostra a qualidade dos músicos da fronteira, neste sábado

Este conteúdo é uma comunicação empresarial

Por DINO DIVULGADOR DE NOTÍCIAS

12 de janeiro de 2017 | 09h35

Foz do Iguaçu - PR--(DINO - 12 jan, 2017) - Uma banda de Foz e outra do nosso vizinho Paraguai, mostra o melhor do reggae, rock, rap e ainda blues and soul music.

As apresentações fazem parte de uma ação promovida pela Itaipu Binacional, com apoio da RPC, intitulada 1º Festival de Arte e Circo do Gramadão, que conta com, além das apresentações das bandas locais aos sábados, oficinas de circo, malabares, acrobacias, tecido e o famoso trapézio voador, uma estrutura de 10 metros de altura por 20 metros de comprimento, que permite às pessoas saltarem no trapézio, com a ajuda dos monitores. As oficinas acontecem de quarta à sexta, das 15 às 20h30 e, aos sábados e domingos, das 15 às 19h.

"O Festival de Arte e Circo dará nova vida ao Gramadão, que é um espaço dedicado à comunidade, voltado ao lazer, à cultura e ao esporte", afirma o superintendente de Comunicação Social de Itaipu, Gilmar Piolla. Segundo ele, durante o mês de janeiro, a população local vai apreciar a magia do circo, tanto nas oficinas ao longo da semana, quanto nas apresentações circenses, no sábado e domingo. As pessoas também conhecerão o melhor da música da região.

Caiçara & Monkies Band no Gramadão

Já conhecida dos iguaçuense, a Caiçara mostra uma junção de estilos e um repertório diferenciado do convencional, preenchido com músicas de artistas de destaque da atualidade, além dos grandes clássicos mundiais. Unindo essas diferentes vertentes, Jean, Guilherme, Rodrigo, Leonardo e Kleber fazem um show animado que passa pelo reggae, rock e o rap, resultando em um set único e um show cheio de energia.

Abrindo o festival desse sábado, a convidada paraguaia Monkies Band mostra o melhor do rock, blues e soul, com os músicos Polo Duré, Max Power, Charlie Piñanez, Juan Manuel e Carlos, além da vocalista Cindy, que interpreta um seleto repertório da lendária Amy Winehouse.

Circocan

Com sede em Curitiba e Florianópolis, a Circocan tem 13 anos de experiência e é uma das poucas empresas do Brasil a contar com a estrutura de trapézio voador.

Circocan ? International School of Circus foi criado em 2003 para levar os benefícios e a diversão das acrobacias e atividades circenses para pessoas de todas as idades. A empresa atua permanentemente em Curitiba e Florianópolis, com aulas de circo, preparação e treinamento em circo e acrobacias, eventos corporativos, espetáculos, performances e oficinas.

A Itaipu

Com 20 unidades geradoras e 14.000 MW de potência instalada, a Itaipu Binacional é líder mundial na geração de energia limpa e renovável, tendo produzido, desde 1984, mais de 2,4 bilhões de MWh. Em 2016, a usina retomou a liderança mundial em geração de energia, com a marca de 103.098.366 MWh gerados. A hidrelétrica é responsável pelo abastecimento de cerca de 15% de toda a energia consumida pelo Brasil e de 75 % do Paraguai. Desde 2003, Itaipu tem como missão empresarial "gerar energia elétrica de qualidade, com responsabilidade social e ambiental, impulsionando o desenvolvimento econômico, turístico e tecnológico, sustentável, no Brasil e no Paraguai". A empresa tem ainda como visão de futuro chegar a 2020 como "a geradora de energia limpa e renovável com o melhor desempenho operativo e as melhores práticas de sustentabilidade do mundo, impulsionando o desenvolvimento sustentável e a integração regional".

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.