Gestão de projetos para startups: qual a importância?

Este conteúdo é uma comunicação empresarial

Por DINO DIVULGADOR DE NOTÍCIAS

16 de março de 2017 | 05h40

Belo Horizonte, Minas Gerais--(DINO - 08 mar, 2017) - Espírito inovador, flexibilidade e crescimento acelerado: com dinâmica própria, as startups têm despontado no mercado brasileiro como modelo bem-sucedido de negócio. No cenário específico destas empresas em fase inicial, a associação com uma postura mais espontânea na gestão é quase imediata. No entanto, se engana quem pensa que um gerenciamento eficiente de projetos é vantajoso apenas para as rotinas tradicionais de business.

De fato, empreendedores desta nova safra podem se beneficiar ? e muito ? das vantagens de uma boa gestão de projetos. Investir em uma startup significa ingressar em uma jornada repleta de incertezas e riscos, e a posse das ferramentas adequadas pode minimizar grandemente os obstáculos. Com a oferta de softwares sofisticados no mercado, otimizar os processos internos é realidade cada vez mais acessível para negócios de todos os portes.

Saiba qual é a importância da gestão de projetos para startups e por que ela pode alavancar as chances de sucesso do seu empreendimento!

Processos mais ágeis

Tirar os planos do papel não é uma tarefa fácil, e ela pode ser ainda mais complicada no contexto de uma startup, de caráter naturalmente inovador. Empresas que seguem este modelo de negócio são pressionadas a evoluírem rapidamente, principalmente porque não podem perder a vantagem competitiva. Manter a atualização e a agilidade dos processos, assim, é essencial. Neste sentido, a ação de elaborar, desenvolver e finalizar um projeto de forma bem-sucedida, importante para a conquista dos resultados em qualquer empreendimento, se torna bem mais eficaz se houver métodos bem delineados de gestão.

As ferramentas oferecidas por um sistema de gerenciamento de projetos colaboram para a rapidez do cumprimento das demandas através de metodologias igualmente ágeis. Melhoria na comunicação, transparência e eficiência ficam garantidas.

Compatibilidade tecnológica

Desmistificando a crença de que a flexibilidade inerente às startups e a gestão de projetos não são práticas complementares, um fator em comum deve ser destacado: o viés tecnológico. Em geral, quando se trata de startups, não se pode contar com profissionais qualificados e a expertise que tornam tal gestão eficiente e econômica, à maneira das grandes organizações. Com os avanços de TI e as ferramentas informatizadas, estes negócios também passaram a usufruir de um gerenciamento de excelência na concretização de suas metas, adequado às suas necessidades.

A gestão de projetos, de fato, vem ganhando espaço no âmbito das startups com a oferta de sistemas cada vez mais intuitivos e adaptáveis ao cenário constante de mudanças destas empresas.

Aumento da produtividade

As metodologias de gerenciamento de projetos permitem manter o controle sobre o andamento dos processos até o momento da concretização de um projeto. Deste modo, o empreendedor pode monitorar, a todo momento, as etapas restantes e as já concluídas no alcance de um objetivo. Tal organização habilita a existência de um roteiro de execução único para a equipe, em que todos sabem o que e como fazer. Isso significa que mais trabalho pode ser realizado com menos pessoas, aumentando a produtividade, reduzindo custos e minimizando o tempo gasto. Eliminando-se os "achismos" a respeito do projeto, o alinhamento do time também é outra vantagem. Benefícios inegáveis para qualquer startup, não?

Acompanhe a matéria completa em nosso site: http://netproject.com.br/blog/gestao-de-projetos-para-startups-qual-a-importancia/

Website: http://netproject.com.br/blog/gestao-de-projetos-para-startups-qual-a-importancia/

Tudo o que sabemos sobre:
Releases

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.