Grávidas sofrem mais com temperaturas elevadas do verão

Este conteúdo é uma comunicação empresarial

Por DINO DIVULGADOR DE NOTÍCIAS

27 Dezembro 2016 | 12h56

São Paulo, SP--(DINO - 27 dez, 2016) - As altas temperaturas do verão costumam causar incômodos para a maioria das pessoas que circulam pelo sol forte. Por estar mais sensível, as gestantes sofrem um pouco mais com as indisposições causadas pelo calor excessivo, principalmente as que já estão com aquele barrigão dos meses finais de gravidez.

O ginecologista e obstetra Claudio Basbaum, membro do Corpo Clínico do Hospital São Luiz em São Paulo, destaca que o motivo da sensação é a quantidade de hormônios livres no organismo da gestante e que o principal sintoma durante o verão é o inchaço, principalmente nos pés e nas pernas, além da queda de pressão.

Para diminuir o mal-estar, tomar alguns cuidados são importantes:

- Usar o protetor solar diariamente;

- Comer alimentos mais leves como frutas e saladas;

- Hidratar-se bem. Consumir ao menos 2 litros de água por dia;

- Utilizar roupas com tecidos leves;

- Tomar banhos mornos ou frios durante o período;

Além disso, assim como em toda a vida, neste período, as mulheres devem ter total atenção com a higiene íntima já que há um aumento na transpiração, o que propicia aos fungos e bactérias um ambiente adequado para crescerem. "O recomendado é que sejam utilizados apenas água e sabonetes neutros na lavagem vaginal", completa o especialista.

Website: http://www.claudiobasbaum.med.br/

Mais conteúdo sobre:
ReleasesSão Paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.