Grupo Amazonas completa 70 anos crescendo e inovando

(DINO - 09 mar, 2017) - Já se passaram 70 anos desde que os saltos de borracha Amazonas ficaram mundialmente conhecidos por serem mais resistentes e duráveis. Toda a experiência com borracha tornou o Grupo Amazonas referência no desenvolvimento de soluções de alta performance em compostos de borracha e também em adesivos para aplicações em diversos setores industriais além do calçadista.

Por DINO DIVULGADOR DE NOTÍCIAS

09 de março de 2017 | 12h34

Para marcar estas sete décadas de atividades e desenvolvimento, a empresa lançará um livro comemorativo contando toda a história do Grupo, desde sua fundação em 14 de março de 1947 na cidade de Franca, interior de São Paulo; e prepara a participação em quatro importantes feiras de negócios: Fimec e Fimma, ambas em março, e SICC, em maio, todas no Rio Grande do Sul; e Feicon, no mês de abril, em São Paulo, ocasiões em que receberá convidados em seu estande para celebrar o aniversário.

"O Grupo Amazonas é uma empresa de alma jovem, que aposta em tecnologias de ponta e na sustentabilidade. Por isso continuamos investindo no desenvolvimento de produtos inovadores, que já se tornaram uma marca do grupo", diz o CEO, Denilson Farias.

Atuação em diferentes segmentos

Pioneiro na produção de saltos sintéticos para calçados, o Grupo Amazonas hoje é um dos maiores fabricantes de componentes da indústria calçadista da América Latina, fornecendo solados, saltos, placas, palmilhas e adesivos para as principais indústrias do setor e os mais importantes fabricantes de calçados esportivos de alta performance.

Apesar de sua ampla experiência em compostos de borracha, já na década de 1960 iniciou a ampliação do seu mix de produtos, com a fabricação de adesivos. Hoje produz mais de 1.400 variedades de adesivos e selantes para os mais diversos segmentos em suas unidades de Franca (SP), Jequié (BA) e João Pessoa (PB), com destaque para construção civil, calçados, embalagens, móveis, estofados, colchões, gráfico e automotivo.

No segmento de compostos de borracha SBR e de TR, o Grupo Amazonas produz em suas fábricas de Franca e Montevidéu, no Uruguai, compostos de borracha extrusados e calandrados, priorizando qualidade do produto, excelência no atendimento técnico e prazo de entrega para atender aos mercados agrícola, automotivo, predial, elétrico, alimentício, calçadista, de mineração, entre outros.

Nas décadas seguintes outros setores da economia seriam abraçados pela empresa. Num período de intenso desenvolvimento do Grupo Amazonas, com a necessidade de aprimorar o transporte e a entrega de seus produtos, surgiu em 1982 a Painel Transporte e Logística.

A Painel teve rápida expansão e hoje atende a 2.000 clientes por mês, movimentando 36 mil toneladas por ano de matérias-primas para indústrias de diversos segmentos e de todos os portes.

Tendo a qualidade como ponto essencial em todos os seus serviços, desde dezembro de 2016 faz parte do seleto grupo de empresas avaliadas e aprovadas pelo Sassmaq - Sistema de Avaliação de Segurança, Saúde, Meio Ambiente e Qualidade - que atesta desempenho das empresas que prestam serviços à indústria química.

Outro importante segmento de atuação surgiu em 2010, quando o Grupo Amazonas assumiu o desafio de aliar design e tecnologia para transformar borracha em produtos de moda. Hoje, a empresa atua na fabricação de sandálias de borracha através da Amazonas Private Label e da Amazonas Licenciados, que trabalham com importantes marcas, inclusive a marca própria Amazonas, exportada para mais de 60 países.

Para dar suporte a todas as áreas de negócios, a companhia conta com mais de 1.200 colaboradores divididos entre as seis fábricas do Grupo Amazonas: duas em Franca (SP), duas em João Pessoa (PB), uma em Jequié (BA) e uma unidade em Montevidéu, no Uruguai; um Centro de Distribuição na região Sul do país; além de 14 filiais e agências da área de Transporte e Logística.

Inovação

A inovação está no DNA da empresa, que foi a primeira indústria brasileira a desenvolver colas para solados. No segmento de construção foi pioneira no lançamento do FixaTudo, produto ideal para fixação, vedação, reparos e manutenções residenciais em geral, e que se tornou um marco no setor.

A empresa, que também foi a primeira a fabricar no Brasil adesivos base água, sem tolueno, e a pioneira no fornecimento de cola em espuma antichama para o setor moveleiro, continua inovando e, hoje, tem entre seus carros-chefes os adesivos hot melt, as modernas linhas de metalocenos e PSA, processando, ao todo, mais de 43 mil toneladas/ano entre adesivos e selantes.

Resultado de constantes investimentos em pesquisa e desenvolvimento de itens que propiciem eficiência nos processos e agreguem valor ao produto final, o Grupo Amazonas possui diversas patentes registradas. Recentemente, requereu patente de mais dois produtos inovadores - utilizados na colagem de solados -, desenvolvidos e testados em seus laboratórios: o PROMO, um polarizador permanente para substratos de TR e SBR; e o PAE Amazonas, um promotor de adesão em EVA, que elimina o processo de cura UV na colagem de substratos em EVA.

Outro cuidado importante é tomado com os resíduos de borracha gerados na produção de solados, placas e outros artefatos. Como a borracha é um material nobre e 100% reciclável, além de muito utilizada em diversos segmentos de mercado atuantes pelo Grupo Amazonas, a empresa não permite que a natureza leve milhares de anos para decompô-la. Os resíduos da produção são separados, tratados e transformados, através de tecnologia limpa, em produtos de alta performance.

Grupo Amazonas

F: (16) 3111-1600

centraldeatendimento@amazonas.com.br

www.amazonas.com.br

www.facebook.com/grupoamazonas

www.youtube.com/user/GrupoAmazonas

Informações para imprensa:

Via Pública Comunicação - www.viapublicacomunicacao.com.br

Sheila Diez: (11) 3473.0255 - 98540.7777 - sheila@viapublicacomunicacao.com.br

Taís Augusto: (11) 4423.3150 - 99642.7274 - tais@viapublicacomunicacao.com.br

Tudo o que sabemos sobre:
Releases

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.