Hackathon, a maratona a qual toda empresa deve participar

São Paulo --(DINO - 06 fev, 2017) - Você alguma vez participou de uma maratona? Pelo menos assistiu a alguma ou se empolgou com as proezas dos maratonistas nos Jogos Olímpicos do ano passado aqui no Brasil? Talvez até imaginou estar na mente dos corredores, não é mesmo. Uma maratona envolve velocidade, disciplina e concentração, somados à energia física dos esportistas para completar a prova.

Por DINO DIVULGADOR DE NOTÍCIAS

06 de fevereiro de 2017 | 16h48

Agora, tire a parte física de toda esta ação, todo desgaste muscular e a individualidade desse esporte e troque por motivação, superação e trabalho em equipe. Ou seja, pense numa prova intelectual, envolvente e divertida dentro do âmbito de trabalho. Isso é o que se conhece como "Hackathon".

A palavra Hackathon vem da mistura de duas outras palavras: "hack", que significa programar com excelência, e "marathon", de maratona. Por exemplo, foi em uma Hackaton que surgiram inovações, como o botão Curtir característico do Facebook. Porém, as Hackathons são cada vez mais abrangentes e movimentam não só a área de tecnologia de uma empresa, envolvem toda a equipe que durante três dias no ano, param suas rotinas e se focam nessa ação.

Aliás, elas servem para cumprir os objetivos de todo tipo de companhia, não só aquelas que são focadas em tecnologia, como é o caso da plataforma de e-commerce Nuvem Shop , que acabou de realizar sua Hackaton 2017.

Dannie Karam, responsável por Branding e Comunicação da empresa salientou que "o objetivo do Hackaton é mostrar que a plataforma não se faz sozinha, e que mesmo quando o cliente acha que tudo é simples, que é fácil de resolver (neste caso, os lojistas), existe toda uma dinâmica, uma união de times e de inteligências pra fazer dar certo".

Um Hackaton visa priorizar projetos os quais por falta de tempo não podem ser realizados durante o resto do ano, mas cujo impacto é muito alto. Nesse sentido, Dannie adicionou que "o bom do Hackaton é mostrar que o tempo todo trabalhamos em melhorias, e que, pelo menos uma vez ao ano, fazemos um esforço máximo que eventualmente pode, sim, atrasar um email ou um feedback para o cliente, mas que gera melhorias para o resto do ano daquele lojista".

Inovação, a palavra chave

Mais do que mudar a cultura de inovação da empresa, um Hackathon traz desafios inesperados para os participantes, e isso motiva, atrai e mantém novos talentos na equipe.

Seguindo com o caso do Hackathon da Nuvem Shop , a responsável de Branding da empresa assinala que "tudo começa com o que você deseja construir. Planeje, busque informação, dê um search. Sua ideia deve ser clara, compreensível e inspiradora. Fazendo o dever de casa, seu projeto será executado por pessoas que não estão ali por retornos financeiros".

Por último, um Hackathon bem organizado motiva e transforma a maneira de pensar das pessoas dentro e fora da empresa. Soluciona, realiza e inspira líderes. Mudar o status quo para melhor, essa é a real finalidade dele.

E você, já está pensando em como organizar seu Hackathon na sua empresa?

Tudo o que sabemos sobre:
Releases

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.