IE apresenta um fundo de bolsas de estudo para mulheres de 6 milhões de euros

(DINO - 10 mar, 2017) -

Por DINO DIVULGADOR DE NOTÍCIAS

10 de março de 2017 | 14h30

A IE apostou, desde o início, na diversidade como um valor fundamental da instituição. Neste sentido, o #IEWomen tem como objetivo impulsionar o desenvolvimento diretivo das mulheres na área da tecnologia, impulsionar o caráter empreendedor e reforçar a sua liderança. "É importante conhecer o que querem as mulheres no que respeita à sua formação, carreira profissional e sucesso futuro", afirma Celia de Anca, diretora do Centro de Diversidade da Fundação IE, impulsionador desta iniciativa. "Entender como se define o sucesso é a chave para fomentar a diversidade dos estudantes. As nossas ideias sobre o sucesso mudaram, o sucesso não é igual para toda a gente", indica de Anca. "Uma das iniciativas do IE Women é a campanha "Colors of Success", que explora estas diferenças e destaca como a IE as reconhece, já que o sucesso é um projeto de vida muito distinto para cada um de nós".

#IEWomen ? Um compromisso contínuo

Além de reforçar o financiamento dos seus estudantes com este fundo de bolsas de estudo, o IE Women, no seu caminho em direção à excelência, ampliará o programa de mentores para facilitar as relações de aconselhamento entre estudantes, antigos alunos e a comunidade empresarial internacional. Também se está a trabalhar na criação da página de internet IE Women e um blogue onde é possível partilhar informações sobre eventos relacionados com a mulher, iniciativas e temas da campanha "Colors of Success", artigos e blogues das líderes do IE Women, e continuar a apoiar as mulheres mais influentes dentro da comunidade universitária e promover o seu trabalho a nível internacional.

A IE conta com 39% de professoras no corpo docente e 30% de alunas nos cursos de graduação, pós-graduação e educação executiva. O projeto #IEWomen tem como objetivo apoiar as mulheres para que alcancem as suas metas pessoais e profissionais, entender as barreiras que enfrentam, trabalhar para superá-las e impulsionar o seu desenvolvimento. "Mais mulher nas aulas traduz-se em mais mulheres em cargos de direção, mais mulheres empreendedoras, mais mulheres tecnológicas, investidoras e, definitivamente, mais mulheres com o poder de tomar decisões na esfera global", assinala Celia d Anca.

"A aposta na diversidade da nossa instituição reflete-se no nosso campus, nos nossos programas. Mais de 60.000 alunos, graduados e professores de mais de 160 países comprovam o nosso ecossistema rico em visões e em idéias. O compromisso contínuo da IE em apoiar as atuais e as novas gerações de mulheres líderes contribuirá, sem dúvida, para atrair mais mulheres para os nossos programas e projetos acadêmicos, o que se traduzirá em mais mulheres líderes, nas suas respectivas áreas, para a sociedade", aponta Santiago Íñiguez de Onzoño, presidente executivo da IE University. Iniciativas como o #IEWomen, promovidas pela Fundação IE através do seu Centro de Gestão da Diversidade, criado em 2002, contribuem para impulsionar a diversidade como vantagem competitiva no mundo empresarial através da geração de conhecimento e difusão de "know-how". Entre os principais objetivos do Centro estão a análise do impacto da gestão da diversidade no mundo empresarial, o desenvolvimento de programas de formação, a reflexão, o debate e o intercâmbio de experiências no campo da diversidade.

Fundação IE

A Fundação IE desenvolve iniciativas, através de recursos próprios e colaborações com outros parceiros estratégicos, para melhorar a qualidade educativa, impulsionar a investigação, financiar programas de bolsas de estudo, promover a cultura "giving back" e reforçar os valores estratégicos da IE e o seu impacto na sociedade. A Fundação impulsiona os pilares estratégicos da IE, instituição acadêmica reconhecida entre as melhores do mundo, que oferece um ecossistema de aprendizagem baseado na tecnologia, caráter empreendedor, abordagem global, enfoque nas humanidades e excelência acadêmica.

Website: http://www.ie.edu

Tudo o que sabemos sobre:
Releases

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.