Inspiração no espaço

Novo Hamburgo, RS.--(DINO - 22 fev, 2017) - Arte é conhecida como uma das primeiras formas de comunicação da humanidade. Mesmo antes da escrita, os desenhos nas cavernas dos tempos pré-históricos, já contavam uma história, uma narrativa do dia a dia daquela civilização.

Por DINO DIVULGADOR DE NOTÍCIAS

22 de fevereiro de 2017 | 13h52

Esculturas, colares feitos com ossos, pinturas com sangue de animais e folhas trituradas, eram usados com o mesmo propósito da arte que se faz nos tempos modernos. Era uma forma de expressar um ponto de vista diferente, ou tentar explicar o inexplicável.

A arte primitiva é caracterizada, em grande parte, por ser feita por povos antigos que ainda não tinham o domínio da escrita, dos Maias aos Celtas, com suas homenagens aos deuses solares e as mudanças de estação. Uma das grandes inspirações da humanidade é o céu e o que existe além dele. Como os Romanos que nomearam os planetas com os nomes dos Deuses do Olimpo.

Sem luz ou eletricidade à noite, os bilhões de estrelas despertavam a imaginação, como fazem até hoje. O questionamento do que existe além e o que originou tamanha imensidão.

Mas assim como as estrelas, as nebulosas que existem entre e além delas também se tornam um entusiasmo para criação. Elas são vastas e possuem centenas de anos luz de diâmetro, suas cores e intensidade despertam a atenção.

"Embora mais densas que o espaço que as cercam, a maioria das nebulosas são muito menos densas que qualquer vácuo. Eventualmente elas se tornam maciças o suficiente para se tornarem estrelas, por isso nebulosas são muitas vezes regiões de formações estrelares. Acredita-se que dos materiais remanescentes delas formam-se planetas, e outros objetos de sistemas planetários". Comenta a artista plástica Juliana Niemeier.

A artista, do Studio Z_Space, usa a imensidão do espaço e a beleza rústica das nebulosas como inspiração para a criação de sua mais nova coleção, que está em pré-lançamento, intitulada NEBULOSA.

Niemeier, comenta ainda sobre o significado da letra Z, de Z_Space: "Em química "Z" é usado para representar o número ATÔMICO ou o de prótons de um átomo. E prótons são todas as moléculas positivas, logo "Z" representa tudo que há de positivo em todas as moléculas e átomos, ou seja, o positivo em todas as formas de vida. Na matemática, "Z" representa o conjunto dos números INTEIROS. A letra "Z" é a vigésima sexta e ÚLTIMA letra do alfabeto latino. Tem suas origens no alfabeto fenício, era a letra zain. Na Grécia Antiga foi rebatizada passando a ser zeta".

O pré-lançamento da coleção intitulada NEBULOSA inicia no dia 22/02/2017. Mais informações através do e-mail: juh.niemeier@gmail.com ou acessando o website studiooverclock.cc/shop onde é possível encomendar uma peça exclusiva dessa série limitada.

Website: http://studiooverclock.cc/shop/

Tudo o que sabemos sobre:
Releases

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.