Investir em propaganda é investir na sua empresa

Este conteúdo é uma comunicação empresarial

Por DINO DIVULGADOR DE NOTÍCIAS

16 de março de 2017 | 03h51

Porto Alegre/RS--(DINO - 13 mar, 2017) - Por mais que o cenário possa ter mudado um pouco com o passar do tempo, atualmente, as grandes empresas ainda dominam o mercado. Seja pela tradição que seus nomes carregam, seja pelos anos de experiência no mercado ou o fato de serem maiores, podendo, assim, contratar mais gente e aparecer mais nos veículos midiáticos, a verdade é que, às vezes, parece que não há espaço para pequenas e médias empresas no mercado.

Porém, isso não é bem verdade. Por meio da internet e novas ferramentas, agora as pequenas e médias empresas podem ocupar seu espaço, também. Segundo Jonathan Souza, sócio da Agência Publicidade Popular, de Porto Alegre, os pequenos empreendedores nunca tiveram tantas oportunidades para se destacar no mercado. "Agora, novas possibilidades existem para que cada pessoa possa conquistar seu espaço no mercado", afirma.

Ele explica que, mais até do que a televisão, na internet, o público pode ser muito maior, e melhor: específico. "Por meio de ferramentas de pesquisa, é possível especificar o público que você quer atingir, e, com isso, voltar seus produtos e comunicação externa para impactá-lo da maneira desejada", pontua. Além disso, o profissional também fala que através de campanhas segmentadas no Facebook, é possível traçar um perfil específico do seu público-alvo, como: idade, sexo, interesses e muito mais. O vídeo marketing também é uma opção para quem quer inovar, e consiste em um vídeo explicativo digital, baseando-se em animações para explicar de maneira intuitiva o serviço ou produto do cliente.

Entretanto, Souza pontua que a eficiência das propagandas off-line (isto é, fora do ambiente virtual) não podem ser subestimadas. "Não são só as grandes empresas que podem ter um outdoor, por exemplo. Existem planos que permitem que, a partir de R$ 900,00, é possível transmitir sua mensagem em uma rua importante, por exemplo. Além disso, o rádio e os folders também são segmentos importantes para quem quer ser conhecido por um grande número de pessoas", esclarece.

O empreendedor finaliza, pontuando que, para as pequenas e médias empresas, o mais importante deve ser aparecer, para que a empresa torna-se conhecida pelo maior número possível de potenciais clientes. Entretanto, ele afirma que muitas agências publicitárias grandes não aceitam trabalhar com pequenas empresas. "Na minha visão, trabalhar com uma pequena ou média empresa é um desafio muito bem-vindo, pois não há nada melhor que poder ver um negócio expandir, e saber que você pode ajudar nisso", conclui.

Website: https://www.publicidadepopular.com.br/

Tudo o que sabemos sobre:
Releases

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.