Itália promove evento com a proposta de profissionalizar festas de casamento

Este conteúdo é uma comunicação empresarial

Por DINO DIVULGADOR DE NOTÍCIAS

16 de março de 2017 | 11h56

São Paulo - SP--(DINO - 02 mar, 2017) - O Buy Wedding Tour, que começou dia 23 de fevereiro e vai até 11 de abril na Itália, é um evento itinerante de "Destination Wedding" realizado em sete cidades, que incluem Florença, Pádua, Bari, Turim, Nápoles, Milão e Palermo. O acontecimento que terá como palco cidades italianas importantes traz a proposta de unir os setores de casamento e turismo.O país é o primeiro a receber o evento que tem como atrativo principal a escolha de se casar fora da cidade ou do país. O fato de ser o primeiro "destination wedding" também representa para a Itália uma oportunidade única, não apenas para o turismo, mas também para a indústria hoteleira. De acordo com números fornecidos pelo Centro de Estudos de Florença, o setor nupcial é interessante para o país e tem boas perspectivas. No ano de 2015, aproximadamente sete mil casais escolheram a Itália como local de casamento. A despesa média foi de 54 mil euros por cerimônia, gerando mais de 330 mil chegadas e 1,1 milhão de turistas no país.O evento dará as empresas e aos profissionais do setor a oportunidade de adquirirem conhecimento e instrumentos para conquistarem uma nova clientela potencial estrangeira. A intenção do Buy Wedding Tour ao percorrer as sete cidades italianas é estimular os territórios para que eles sejam capazes de projetar e oferecer pacotes turísticos altamente especializados, acompanhados de serviços profissionais para noivos. Das flores ao vestido de noiva, do serviço fotográfico aos restaurantes, o objetivo é diferenciar os pacotes, com opções mais econômicas, como cerimônias simbólicas para duas pessoas, aos grandes casórios com estruturas cinco estrelas.Segundo a coordenadora do comitê técnico do Buy Wedding in Italy as ofertas de serviços de núpcias e pacotes turísticos são personalizados com base na percepção que o cliente tem da Itália. O evento é uma ocasião ainda mais especial para quem tem planos de se casar fora do país.Para brasileiros que decidem realizar a cerimônia fora do Brasil a lei diz que o matrimônio em qualquer lugar do mundo é válido. Porém, configura-se fora da lei àquele que se casa novamente no país. Entretanto é preciso registrar o casamento no Brasil para que o mesmo possa produzir seus efeitos em território brasileiro, ou seja, para que o estado civil dos cônjuges também seja alterado no Brasil.Quem faz o registro do casamento no exterior, na repartição consular, precisa saber que o mesmo tem caráter provisório. A Lei de Registros Públicos exige a transcrição do matrimônio no Brasil. Enquanto o casal não fizer a transcrição no cartório do 1° Ofício do Distrito Federal ou do município de sua residência no Brasil, as duas partes continuaram sendo consideradas solteiras. Desse modo, ainda que se registre o seu casamento no Consulado, será necessário transcrever a certidão no Brasil posteriormente.Os criadores do evento Buy Wedding Tour apostam em noivos com o sonho de se casar fora e prometem dar todo o suporte para transformar o desejo em realidade. Enquanto isso, aqui no Brasil, os noivos que já estão com os preparativos do casamento em andamento, podem contar com empresas do setor que investem cada vez mais em novidades para o grande dia. A assessoria de casamento é um dos serviços disponíveis no mercado, assim como as lojas especializadas no seguimento, como o Planeta das Noivas, que trabalham com itens que vão desde acessórios para noivas e arranjos de cabelo para noivas, até trajes, dicas de etiqueta e decoração.

Tudo o que sabemos sobre:
Releases

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.