Já ouviu falar em pagamento zero clique? Transação agora é modelo de negócio

(DINO - 31 jan, 2017) - Foi-se o tempo em que eram várias as etapas para concluir uma compra na Internet. Agora, o internauta compra bens e serviços em um ou mesmo zero clique. O pagamento "zero clique" rapidamente deixou de ser tendência e se tornou um modelo de negócio para situações de transações recorrentes, como compras feitas em aplicativos, negócios por assinatura ou contas mensais. Aplicativos de táxi e plataformas de streaming de áudio ou vídeo são os melhores representantes desta facilidade aos seus clientes.

Por DINO DIVULGADOR DE NOTÍCIAS

31 de janeiro de 2017 | 17h58

Substituindo boletos

O pagamento de contas em zero clique representa uma gigantesca oportunidade para consumidores e todo o ecossistema de transações online. Atualmente, todos os prestadores de serviços que efetuam cobranças mensais enviam boletos ? considerada a modalidade de cobrança com maior custo-benefício. Porém não é bem assim.

O boleto não oferece nenhuma praticidade ao consumidor conectado, uma vez que vai precisar gastar tempo efetuando o pagamento online ou se deslocar até uma agência bancária.

Para o estabelecimento, o boleto traz poucos benefícios também: Considere o exemplo de uma conta de condomínio. O valor pode variar mês a mês (em função de um eventual fundo para obras, 13º salário e outros custos não previstos no orçamento). A administradora de condomínio deve produzir e comunicar um demonstrativo mensal do valor cobrado. Este documento pode muito bem ser enviado por e-mail e colocado à disposição para consulta online dentro de suas plataformas, deixando a operação livre de papéis. A partir desta comunicação, oferecer o pagamento online é natural, com opção pro proprietário ou inquilino de deixar seus dados de cartão armazenados para pagamento automático (opção zero clique) ou dependendo apenas de uma validação após verificação dos valores (opção 1 clique).

Em ambos os casos, torna o processo zero papel, com benefício em custos de impressão e distribuição, zero footprint ecológico e uma facilidade sem comparação em caso de necessidade de emissão de segunda via...

Era do cartão de crédito

O cartão de crédito é menos invasivo que o débito em conta, pois permite uma validação previa, na opção pagamento em 1 clique e até contestação pós pagamento, junto à central de cartão. Não necessita de burocracia nenhuma, pois após ter realizado a cobrança do primeiro pagamento no cartão de crédito, o prestador de serviço precisa apenas disponibilizar a opção de pagar.

Com o pagamento no cartão de crédito, o pagador ainda conta com os programas de benefícios das bandeiras como milhas.

Economias na cobrança

Com a multiplicação das operadoras de cartão e a concorrência acirrada, as taxas de comissão dos cartões diminuíram significativamente e os boletos físicos deixaram de ser a opção de cobrança mais barata em muitos casos, pois a emissão de papel gera custos. Além da diminuição de despesas, a procura por processos sustentáveis está em alta, assim como a busca pela melhor experiência do usuário. A adoção do modelo zero papel e zero clique contribuem para um mundo mais prático e sustentável.

*Jerome Pays é diretor de e-commerce da Lyra Network, detentora do gateway de pagamento PayZen ? www.payzen.com.br

Tudo o que sabemos sobre:
Releases

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.