LCPerú implementa solução de SafetyPay para call center telefônico e aumenta vendas

LCPerú implementa solução de SafetyPay para call center telefônico e aumenta vendas A ferramenta permite gerar venda direta, além de recuperar as transações web não finalizadas PR Newswire LIMA, Peru, 13 de fevereiro de 2017

Por PR NEWSWIRE

13 de fevereiro de 2017 | 12h04

LIMA, Peru, 13 de fevereiro de 2017 /PRNewswire/ -- Consolidada como uma das principais empresas aéreas do Peru, LCPerú decidiu ampliar a modalidade de cobrança para vendas realizadas por meio do call center. Para isso, a empresa ampliou seu acordo com SafetyPay, plataforma segura para pagamento à vista que possui mais de 100 bancos habilitados em todo o mundo. Assim, implementou a solução SafetyPay Call Center, que permite à LCPerú gerir todas as reservas de um único aplicativo e criar ordens de pagamento de uma maneira mais simples.

A nova versão da solução SafetyPay Call Center foi desenvolvida especialmente para centrais de atenção ao cliente e estabelecimentos que precisam receber pagamentos não importando se as transações tenham sido realizadas pela web, por telefone ou e-mail. Além disso, os pagamentos que não tenham sido concluídos na web, por causa de abandono no carrinho de compras, podem ser acompanhados e recuperados através do call center.

A LCPerú já opera mais de 10.000 pedidos por mês e usa SafetyPay desde 2010 para cobranças via transferência bancária online das compras no website da empresa aérea. Com o novo aplicativo a empresa espera aumentar em 20% as transações de reservas de passagens e recuperação de pagamentos via call center.

"Em nosso call center só aceitávamos pagamento via recibo bancário e cartão de crédito. O aplicativo SafetyPay Call Center é uma ferramenta poderosa para gerar venda direta, de maneira fácil e rápida, além de recuperar transações no website que não foram finalizadas. A solução proporciona todas as informações da compra, sendo composta de indicadores de gestão que permitem monitorar o que está ocorrendo em tempo real", explica Valeria Serpa, Gerente Comercial da LCPerú.

A LCPerú anteriormente apenas disponibilizava a possibilidade de pagamento através do cartão de crédito ou em contas arrecadadoras, o que criava limites para seus clientes, já que muitos deles não usavam essas formas de pagamento.

"SafetyPay é um sócio estratégico, pois fornece as ferramentas tecnológicas necessárias para nosso negócios, contribuindo com o sucesso da empresa. Nos últimos meses, tivemos um grande crescimento nas vendas, graças à nova versão para os canais de Call Center e Recuperações", destaca a executiva.

"O crescimento e o sucesso obtidos pela LCPerú mostra como é eficaz nossa solução para o mercado, podendo ser objeto de adaptações para atender às necessidades de cada cliente", finaliza Luiz Antonio Sacco, diretor-presidente da SafetyPay para América Latina.

Sobre a SafetyPay

A SafetyPay é uma empresa de tecnologia focada em operações financeiras online e em dinheiro. Presente em 21 países e com mais de 100 bancos habilitados em todo o mundo, a tecnologia foi lançada em 2007 e está disponível na América Latina, Estados Unidos, Europa e Canadá. É um método de pagamento online seguro, que possibilita vendas em dinheiro aos múltiplos canais de serviços, tais como o comércio eletrônico ou call centers para clientes que desejam pagar pelo serviço via internet banking de seus bancos ou para clientes que não têm contas bancárias, por meio dos pontos habilitados de recebimento em dinheiro.

www.safetypay.com

Contato:

pr@safetypay.com

Juliana Oliveira

(+55 11) 98398-5307

Vanessa Costa

(+55 51) 98274-4949

To view the original version on PR Newswire, visit:http://www.prnewswire.com/news-releases/lcperu-implementa-solucao-de-safetypay-para-call-center-telefonico-e-aumenta-vendas-300406132.html

FONTE SafetyPay

Tudo o que sabemos sobre:
Releases

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.