Leitura obrigatória para as mães de primeira viagem

Este conteúdo é uma comunicação empresarial

Por DINO DIVULGADOR DE NOTÍCIAS

27 Dezembro 2016 | 13h46

São Paulo, SP--(DINO - 27 dez, 2016) - O depoimento de uma mãe foi a inspiração para o livro "Somos Mães de Primeira viagem #compartilhandohistórias", que trará depoimentos de mulheres que conquistaram o direito a maternidade depois de se submeterem a tratamentos de fertilização, ovodoação, inseminação, entre outras técnicas de Reprodução Humana Assistida.

"Sabemos que ser mãe é um sonho que a maioria das mulheres têm dentro de si desde pequenas, e neste livro conseguimos unir vários depoimentos de amor incondicional dessas mamães de primeira viagem", menciona o Diretor da Clínica Mãe e coautor do livro, Dr. Alfonso Massaguer.

O material conta com o respaldo de profissionais especializados, embasando e legitimando os depoimentos ao final de cada capítulo. Além do Dr. Alfonso, os ginecologistas e obstetras Vamberto Maia Filho e Paula Fettback, especializados em Reprodução Humana, comentam e opinam sobre os temas apresentados, que incluem casos de depressão pós-parto e baby blues, dicas de amamentação, cuidados na UTI neonatal, entre outros temas de interesse das mamães de primeira viagem.

"Trabalhar com o sonho da maternidade e paternidade é com certeza conviver com o sentimento mais profundo e completo na vida da maioria das famílias, e este livro nos aproxima ainda mais da magnitude deste sonho", ressalta Dra. Paula.

"Decidimos compartilhar nossas experiências para facilitar a desmistificação do problema que aflige a tantos casais. As histórias irão fortalecer a luta de cada um nessa busca complexa e desgastante. Divido a minha própria para mostrar que não há exceções e que no final sempre vale a pena", afirma o Dr. Vamberto Maia Filho.

A publicação foi lançada em dezembro e é resultado de uma parceria da Clínica Mãe de Reprodução, ginecologia e obstetrícia e a plataforma "Somos mães de primeira viagem" (www.somosmaesdeprimeiraviagem.com.br). "Queremos alertar as mulheres que há o sentimento de solidão materna e isso fragiliza a mãe e as relações familiares. No entanto, reencontrar-se nesta gangorra hormonal e de amor é um desafio, precisamos do equilíbrio e às vezes só conseguimos com ajuda", conclui a diretora da plataforma, Acácia Lima.

Website: http://loja.somosmaesdeprimeiraviagem.com.br/categoria/livros

Mais conteúdo sobre:
Releases São Paulo Reprodução Humana UTI

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.