Luciana Boschi lança segunda edição do livro "Grafologia e Profissões" no Rio de Janeiro

Rio de Janeiro, RJ--(DINO - 09 fev, 2017) - Escolher a profissão quando se é jovem significa, cada vez mais, um grande desafio para os estudantes, que precisam definir a trajetória profissional antes de concluir o ensino médio.

Por DINO DIVULGADOR DE NOTÍCIAS

09 de fevereiro de 2017 | 12h18

Com a profusão de cursos de níveis técnico, politécnico e superior, o jovem se depara com uma infinidade de possibilidades profissionais e com prazo para decidir qual caminho seguir.

Pensando nisso, a psicóloga e grafóloga Luciana Boschi, decidiu reunir material de pesquisa para publicar o livro "Grafologia e Profissões: Orientação Vocacional Através da Escrita". O sucesso foi tanto que a autora, diretora da Dom Graphein Consultoria, lança no dia 20 de Fevereiro, às 18h, na Rua Buenos Aires, nº 93 /215, no Centro do Rio de Janeiro, sua segunda edição.

De acordo com a especialista, a escolha profissional é considerada uma das etapas mais delicadas na vida do jovem. "Uma das queixas tem sido a utilização de testes convencionais e de uso quase exclusivo de psicólogos. Com enfoque excessivamente clínico, os estudantes praticamente não tinham acesso a instrumentos mais práticos e objetivos", salienta.

A grafologia é o estudo da personalidade observado na escrita. Historicamente, o homem sempre precisou se comunicar e a escrita foi desenvolvida para promover o entendimento entre os povos. Acredita-se ainda que seja a única técnica que permite, além de um profundo mergulho na natureza humana, conhecer seu real caráter.

Neste sentido, para Luciana, "seu campo de aplicação torna-se infinito, pois tudo que envolve o comportamento humano pode ser subsidiado por ela".

Um arquiteto, por exemplo, ao elaborar um projeto de decoração, pode recorrer à grafologia como ferramenta de diagnóstico para ter mais informações sobre seu cliente e, assim, traçar o ambiente em harmonia com a personalidade da pessoa.

Luciana explica que um professor pode distinguir melhor seus alunos e até mesmo identificar sinais de alarme na conduta de crianças e adolescentes pela observação mais aguçada de suas escritas.

Um médico também pode ter uma análise clínica facilitada pela grafologia quando, ao avaliar a escrita de um paciente, identifica degenerações gráficas motivadas por doença ou disfunção orgânica (Grafopatologia).

Terapeutas igualmente têm lançado mão da ferramenta para auxiliá-los no diagnóstico de seus atendimentos, bem como advogados e juízes recorrem à laudos grafológicos para avaliar mais a fundo a natureza de seus clientes.

Luciana conclui que as pessoas, de uma maneira geral, também devem buscar se conhecer mais pela escrita e até identificar que profissão seguir ao observar na redação suas habilidades e competências.

Assim, "a ideia de escrever este livro veio da necessidade de estudantes em buscar sua trajetória profissional e profissionais de Recursos Humanos que querem ter a grafologia como mais uma ferramenta para identificação de comportamentos e talentos relativos às ocupações organizacionais", completa.

Ao longo de mais de 10 anos, a autora reuniu escritas com os mais diversos significados e os mais diferentes desenhos e movimentos gráficos, transformando-as num verdadeiro acervo para pesquisa e estudo.

Para ilustrar a obra, Luciana se preocupou em selecionar redações de pessoas, conhecidas ou não, que quiseram participar do projeto, com o cuidado para que cada escrita estivesse relacionada à uma profissão e que cada um dos participantes fossem profissionais de sucesso em suas áreas.

Portanto, meu caro leitor, você tem em mãos, uma gama de campos de atuação, com suas características e descrições de atividades, incluindo o perfil de habilidades e competências, indicativos de como deve ser a escrita deste profissional e um grafismo para lustrar cada profissão.

Para divulgar esta metodologia, Luciana vem realizando palestras para alunos do ensino médio e desenvolve, em Ongs como Viva Rio e Gente Brasil, trabalhos voluntários de Orientação Vocacional para jovens que desejam ingressar no mercado de trabalho.

No mesmo dia, a especialista também realizará palestra sobre o tema. A participação no encontro será gratuita, mas colaborações de 1 kg de alimento não perecível serão bem-vindas e encaminhadas para instituições de caridade do Rio de Janeiro e Niterói. As inscrições devem ser realizadas pelo e-mail contato@domgraphein.com.

Luciana Boschi

Psicóloga, formada pela PUC/RJ, especializou-se em Grafologia, com diploma pela Sociedade Brasileira de Grafologia (Sobrag). Luciana também possui MBA em Marketing e Pós-Graduação em Administração Gerencial, ambos pela Universidade Federal Fluminense. A escritora é ainda autora das obras "A personalidade através da escrita" e "Grafologia e Competências - identificando talentos através da escrita". Luciana é sócia-diretora da Dom Graphein Consultoria.

Dom Graphein

Com atuação desde 1998, é uma consultoria especializada empresa especializada em Mapeamento de Competências aplicando Análise da Escrita e demais técnicas de diagnóstico para identificar habilidades e talentos com foco no desenvolvimento individual e em grupo. A empresa também é um centro especializado em capacitação profissional e destaca-se por estar afinada com as tendências de mercado, suprindo as necessidades de seus clientes através da constante atualização de seus métodos de avaliação.

Website: https://www.domgraphein.com

Tudo o que sabemos sobre:
Releases

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.