Mario Ghanna levanta tema inusitado em 'Homenagem', seu novo single

São Paulo--(DINO - 17 fev, 2017) - Com música incidental de Martinho da Vila, "Ex-amor", texto sobre o "amor sozinho" e elementos do samba de raiz, Mario Ghanna lança seu novo single, intitulado "Homenagem". A música trata de não ter a pessoa amada, continuar com saudades e dar um jeito de matá-la. Tanto a música, quanto o roteiro do clipe, têm como base o poder feminino, que, mesmo a distância, se impõe sobre o homem.

Por DINO DIVULGADOR DE NOTÍCIAS

17 de fevereiro de 2017 | 11h34

O clipe foi gravado em duas situações: uma apenas com o cantor e a Miss Mundo Joinville, Rariane Schneider, na casa de Ghanna, e que terá acréscimo de recursos visuais que prometem surpreender o público. Já a segunda, foi filmada em um pub de Joinville, em Santa Catarina, com participação de amigos e convidados.

A música levanta uma mensagem subliminar, que traz à tona o poder da lembrança da mulher nas horas que o casal está afastado.

Mario Ghanna conheceu Rariane no dia da gravação. "Ela é linda, educada e gentil. Não a conhecia, um amigo nos apresentou, fiz o convite, ela topou imediatamente e já gravamos as cenas na sequência. Dei sorte com este vídeo", afirma o cantor.

'Homenagem' é a segunda faixa de trabalho do álbum "Manual de Festa do Rei do Traje Invisível", que será lançado esse ano. A primeira foi 'Se Angelina ligar', samba que tem conquistado seu público. E o cantor pretende trabalhar uma música por vez nesse novo trabalho. "O primeiro disco eu simplesmente publiquei, sem me preocupar com faixas, vídeos, planejamento. Publiquei, fui tocando e curtindo. É legal, também, mas, nessa nova fase vou fazer música a música. Aproveitar mais cada momento".

Apesar do tom despretensioso, 'Lírios', seu primeiro disco, ganhou o prêmio de melhor Álbum Latino de 2016 pela The Akademia Music Awards, concorreu ao prêmio Multishow e Grammy Latino. E ainda abocanhou uma legião de fãs. Sua página no Facebook tem mais de 110 mil seguidores e seus vídeos milhares de visualizações. Por isso, há boa expectativa para seu novo trabalho.

As músicas de Mario sempre foram uma mistura de estilos, mas agora, especialmente para este álbum, tem dado destaque para música brasileira, especialmente para o samba. "Jorge Ben, quando fez a mistura dele na década de 60, não tinha, ao certo, um rótulo, que, depois, ganhou o nome de samba rock. Elza Soares fez algo maravilhoso com 'Mulher do Fim do mundo' também, ao misturar diversos elementos sonoros, e foi um estouro. Aliás, tem sido tendência universal essa mistura. Esses ídolos são incomparáveis, mas é ótimo saber que o público aceita essa fusão, pois esse é o som que acredito e venho fazendo há muito tempo. No disco novo, a base é o samba. Para animar as festas do rei do traje invisível mesmo", brinca Mario.

Website: https://www.facebook.com/MarioGhanna/

Tudo o que sabemos sobre:
Releases

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.