Medicina exige atualização teórica e prática constante

São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro e Distrito Federal.--(DINO - 31 jan, 2017) - O diagnóstico assertivo e precoce melhora o fluxo de cuidados, tratamento, além de ser crucial para a preservação da vida do paciente em inúmeros casos. A experiência aliada aos estudos são diferenciais incontestáveis para aprimorar as habilidades e conhecimentos dos profissionais da Medicina.

Por DINO DIVULGADOR DE NOTÍCIAS

31 de janeiro de 2017 | 17h28

Para contribuir com a formação acadêmica do médico que atua em diversas regiões do Brasil, o Grupo Educacional Facinepe lança novas turmas de pós-graduação lato sensu em São Paulo (Endocrinologia e Metabologia e Pediatria), Minas Gerais (Psiquiatria e Endocrinologia), Distrito Federal (Pediatria) e Rio de Janeiro (Medicina do Trabalho).

As aulas estão previstas para iniciar no mês de março e acontecerão com frequência bimestral. Os cursos têm carga horária que varia de 432 a 6.202, distribuídas ao longo de até 30 meses.

Nas especializações do Grupo Educacional Facinepe, o aluno interage com o professor em ambientes desenvolvido e/ou adaptados para o seu aprendizado e melhoria na oferta de seus serviços.

A pós-graduação lato sensu é uma alternativa eficaz para driblar a escassez de vagas de residência médica no Brasil. Segundo dados da Comissão Nacional de Residência Médica (CNRM), 7 mil vagas são oferecidas para recém-graduados. Enquanto isso, mais de 10 mil novos profissionais surgem no país a cada ano.

No entanto, para tornar-se especialista, o profissional que cursou residência médica e o profissional com uma pós-graduação lato sensu precisam passar pela prova de títulos de sociedades ligadas à Associação Brasileira de Medicina (ABM), seguindo o edital divulgado anualmente.

Saiba mais no site facinepe.edu.br ou entre em contato pelo 0800 600 9401.

Tudo o que sabemos sobre:
Releases

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.